Sábado, 23 Janeiro 2021

Política

Marcos Tonho terá R$1,2 bi para gerir Santana de Parnaíba

Política

Marcos Tonho terá R$1,2 bi para gerir Santana de Parnaíba

Orçamento da cidade destina só R$ 4 mil para Fundo do Emprego, em plena pandemia  

Trânsito contará com R$ 11 mi. Túnel de Alphaville ainda não foi entregue (Facebook)

O prefeito eleito Marcos Tonho (PSDB) terá R$ 1,2 bilhão para administrar Santana de Parnaíba. Este é o valor estimado da receita, aprovado recentemente pela Câmara dos Vereadores. Em comparação ao orçamento vigente, o montante para o próximo ano terá aumento de R$ 44,7 milhões. 

A Secretaria de Educação terá a maior verba, R$ 216,3 milhões. O FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) será de R$ 108 milhões. A Secretaria de Obras, uma das pastas que tem maior destaque na gestão do atual prefeito Elvis Cezar, terá R$ 45 milhões.

Tonho pode herdar mais de 45 projetos para finalizar, segundo dados do Plano de Metas disponível no site da prefeitura. 

Economia 

Para o segmento econômico, que é motivo de preocupação entre a maioria dos prefeitos do país, por conta da pandemia, está previsto R$ 5,4 milhões destinados à Secretaria de Emprego e Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação. O Fundo de Emprego contará com R$ 4 mil.

A mobilidade urbana, problema retratado com frequência pelos moradores da região, terá R$ 11,1 milhões. Já para a segurança, foi reservado o montante de R$ 37,8 milhões. O gabinete do prefeito terá à disposição R$ 3,3 milhões. A Secretaria de Meio Ambiente e Planejamento terá R$ 9,9 milhões. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 23 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/