Sábado, 23 Janeiro 2021

Política

Furlan e Tonho usaram apenas R$ 28 mil em recursos próprios

Eleições Política

Furlan e Tonho usaram apenas R$ 28 mil em recursos próprios

Os dois prefeitos eleitos arrecadaram R$ 1,8 milhão 

Os dois prefeitos eleitos arrecadaram R$ 1,8 milhão. (Foto: Pixabay)

Os prefeitos eleitos da região utilizaram apenas R$ 28 mil, no total, em recursos próprios para se elegerem. Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e se referem aos candidatos de Barueri e Santana de Parnaíba.

O veterano Rubens Furlan (PSDB), que vai governar Barueri pela sexta vez, desembolsou R$ 4 mil para sua campanha. No total, ele arrecadou R$ 1,3 milhão. A maior fatia do Fundo Partidário, R$ 790 mil. Os outros R$ 529 mil foram doações de pessoas físicas.

Até o momento, conforme consulta da reportagem na quinta-feira (10), junto ao site do TSE, Furlan havia pago R$ 745,9 mil, de R$ 1,3 milhão em despesas contratadas. Seu maior gasto foi com materiais impressos, R$ 534,5 mil, ou seja, 39% do total. Os serviços advocatícios apareceram em 2º lugar (R$ 209 mil).

Em Santana de Parnaíba, o vereador Marcos Tonho, também da sigla conseguiu arrecadar R$ 553,9 mil. Deste valor, R$ 24 mil foram em recursos próprios. A doação de pessoas físicas representou o maior percentual, R$ 279,9 mil; já a parcela do Fundo Partidário ficou em R$ 250 mil. Tonho empenhou R$ 590 mil, deste valor, quitou R$ 425,9 mil. A publicidade por materiais impressos também liderou a lista de gastos, R$ 249,6 mil, o que representa 42,3% do total das despesas. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 23 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/