Emidio de Souza será o candidato do PT à Prefeitura de Osasco

Abre-Emidio
Ex-prefeito por dois mandatos, petista concorre ao comando da cidade pela quarta vez. (Foto: ALESP)
O deputado estadual Emidio de Souza será o candidato do PT à Prefeitura de Osasco, afirmam dois dirigentes do partido ouvidos pela Folha de Alphaville. Escolhido como pré-candidato pelo diretório local da sigla, o petista vai disputar pela quarta vez o comando da cidade, da qual já foi prefeito por dois mandatos entre 2004 e 2012.

Além de Osasco, a legenda terá candidatura própria em Carapicuíba, com o ex-prefeito Sérgio Ribeiro de volta à disputa, disseram as lideranças. Ele já administrou a cidade por dois períodos, entre 2008 e 2016. Já em Jandira, a agremiação terá o ex-vereador Zezinho, que concorreu em 2016, na disputa municipal deste ano. 

Nas demais cidades da Região Oeste, o PT está discutindo a possibilidade de lançar nomes novos ou apoiar candidaturas que mais se aproximem do projeto político da sigla. 

Uma resolução aprovada recentemente pela Executiva Nacional do partido deu o tom do que será a estratégia petista: em todo o país, a legenda está proibida de se coligar com DEM, PSDB e PSL, o que, na prática, inviabiliza uma aliança com o prefeito Rubens Furlan (PSDB), que tentará a reeleição em Barueri, e com o candidato a ser indicado por Elvis Cezar (PSDB) para ser seu sucessor em Santana do Parnaíba.
"Os pré-candidatos do partido em Barueri são o Baltasar Rosa e a Priscila Sabino, mas também há possibilidade de conversar com Fábio Teruel e com o PSOL", diz um petista. "Em Santana do Parnaíba, onde o partido é muito jovem e ainda está sendo construído, estamos avaliando o lançamento do André Sebastian", afirma.

Fundo do poço
Na cidade de Itapevi, o mais provável é que o PT apoie a tentativa de reeleição de Igor Soares (Podemos) ao comando do município. Ao mesmo tempo, a sigla, que hoje tem apenas dois vereadores em toda a Região Oeste (um em Carapicuíba e outro em Pirapora do Bom Jesus) quer eleger ao menos um representante por Câmara do aglomerado. 

"O fundo do poço do já foi", diz um dirigente da legenda. "Agora nós vamos crescer", finaliza. 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 24 Fevereiro 2020

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário