‘Jardins de chuva’ ajudam a reduzir poluição nas águas da Austrália

Sidney5
Além de evitar inundações, o sistema também traz vida, verde e beleza para o local. (Foto: Divulgação)

A cidade de Sydney, na Austrália, decidiu investir em um sistema que não só evita inundações, mas também traz vida, verde e beleza para o local. 

São os jardins de chuva, canteiros rebaixados projetados para se adequarem ao design urbano da cidade, que filtram a água da chuva e ainda enriquecem o solo com nutrientes.

Segundo dados da prefeitura de Sydney, ainda que o esgoto por lá seja tratado, as águas pluviais carregam toneladas de poluentes e lixos para os cursos de água da cidade. Óleos e fluidos de automóveis, partículas poluentes liberados pelos carros, além de lixo da rua propriamente podem chegar aos rios e aos mares se não forem devidamente filtrados – e aí que os jardins de chuva entram para auxiliar.

Instalados com grades de drenagem e vegetação especial para filtragem, os jardins ainda ajudam a evitar inundações em chuvas mais intensas. A cidade australiana já conta com 154 canteiros instalados, e o objetivo é reduzir 50% dos sedimentos e sólidos que chegam às hidrovias de Sydney até 2030. 

Veja mais notícias sobre Mundo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 21 Setembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário