Imóveis

Oferta de imóveis cai 14,8% no 1º trimestre deste ano

Imóveis

Oferta de imóveis cai 14,8% no 1º trimestre deste ano

Segundo CBIC, dado se refere à comparação com o mesmo período do ano passado 

Queda nos lançamentos está relacionada à insegurança dos empresários (Foto: Freepik)

Um estudo divulgado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional), em parceria com a Brain Inteligência Estratégica, mostrou que as incertezas em relação aos custos dos materiais e à pandemia fizeram a oferta de imóveis cair 14,8% nos três primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período de 2020. 

De acordo com o levantamento, o número de imóveis lançados no país no 1º trimestre de 2021 foi 58% menor do que no 4º trimestre de 2020. Já as vendas tiveram uma queda de apenas 12,4% na comparação com o mesmo período. 

Quando comparamos o 1º trimestre de 2021 com o de 2020, neste ano, o Brasil registrou um aumento de 27,1% nas vendas de imóveis residenciais novos, em relação aos apartamentos.

Insegurança 

Segundo a CBIC, os dados do estudo mostram que a queda nos lançamentos está relacionada a insegurança dos empresários que estão desestimulados pelos aumentos nos materiais. 

"O mercado está excelente. Está comprador. Mas a grande preocupação do setor e que impacta a economia é o preço dos materiais, que resulta na postergação de lançamentos e, consequentemente, na queda dos contratos de trabalho", destacou José Carlos Martins, presidente da entidade.

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 04 Agosto 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/