Dia Nacional do Vinho: saiba como apreciar o seu tipo favorito

Neste 7 de junho, que tal curtir o momento com seu rótulo preferido? (Foto: Divulgação)

O melhor vinho é aquele que você gosta, dizem os especialistas no assunto. Então, que tal comemorar o Dia Nacional do Vinho, neste dia 7 de junho, em casa, curtindo o momento com o seu rótulo favorito? 

A marca Dom Bosco preparou uma série de dicas para compartilhar em família e aproveitar todo o sabor e a versatilidade dos vinhos de mesa, o tipo preferido de três entre quatro consumidores, segundo os dados do Instituto Brasileiro do Vinho.

Veja como desfrutar ao máximo da bebida aproveitando cada momento:

Puro e na temperatura certa

O melhor sabor do vinho de alta qualidade pode ser sentido quando está na temperatura ideal. No caso do vinho tinto, a recomendação é apreciar a temperatura de 16⁰ C. Enquanto o branco deve ser servido a 10 ⁰C.

Quente

O vinho de mesa é fundamental no preparo da tradicional bebida de inverno e das festas juninas. Rótulos de sabor e aroma mais intensos de fruta casa bem com especiarias e deixa o vinho quente mais saboroso.

Frutas para variar

Este tipo de vinho combina perfeitamente com frutas da estação. Dá para preparar uma bebida refrescante com rodelas de laranja, pedaços de manga, abacaxi, maçã, etc e vinho branco ou tinto, e até uma caipivinho, substituindo a cachaça por vinho.

Drinks

Quem cansou de tomar vinho puro só na tacinha pode variar preparando coquetéis variados, como a popularíssima batida, e ainda um drink com refrigerante, tônica, sorvete ou licor de sua preferência.

Sobremesas da vovó

Assim como o vinho quente, algumas sobremesas têm o vinho de mesa como ingrediente principal. É o caso do sagu de vinho. Outras receitas, como pera ao vinho, gelatina, pavês e calda para bolo e sorvete ficam melhores com o rótulo mais suave.

Aproveite até a última dose

Usar vinho para marinar carnes e temperar comida é uma das mais valiosas dicas culinárias da família. Portanto, aproveite aquele restinho de vinho para dar um realce de sabor aos ensopados, carne seca, assados, nos pratos à base de pescados, fricassês e outras receitas da mamãe e da vovó. Vale até congelar o vinho em gaveta de gelo para usar depois.

Veja mais notícias sobre Gastronomia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 13 Julho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário