Sediada em Alphaville, empresa do mercado de software cresce 50% ao ano

Andrey Coelho está à frente do comando da empresa; morador de Alphaville, ele considera a região um grande polo de tecnologia (Foto: Reprodução/Inter Bustamante)
O Brasil se mantém como o 9º maior mercado de software e serviços do mundo, com um valor de US$ 18,6 bilhões, de acordo com estudo do Mercado Brasileiro de Software: Panorama e Tendências da Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES) do ano de 2018.

Seguindo esse crescimento do mercado, a Yaman se destaca como uma das principais consultorias de qualidade para aplicações (softwares) no Brasil. A empresa, que possui capital 100% nacional com sócios oriundos do mercado de tecnologia, é especializada na entrega de aplicações confiáveis, seguras e rápidas para os seus clientes.

Natural de Osasco, Andrey Coelho é CEO da Yaman e morador de Alphaville desde o ano passado. A empresa também é sediada no bairro desde 2013: "Viemos para cá por ser um grande polo de tecnologia, e na época, estaríamos próximos de grandes potenciais clientes como Rede, Bradesco e Cielo, que atualmente já são nossos clientes", afirmou.

O portfólio da Yaman é amplo e segue três pilares, segundo Coelho: "Nós oferecemos serviço de consultoria de qualidade de aplicações; temos um produto próprio chamado Predictor, que auxilia nossos clientes a atuarem de forma mais eficiente e preditiva na gestão da sua TI e, recentemente, percebemos uma necessidade de entregar aplicações desenvolvidas e testadas com qualidade e segurança na velocidade que os negócios dos nossos clientes necessitam".
Foi a partir dessa necessidade que a Yaman estruturou uma área para realizar o desenvolvimento de produtos digitais, com alto nível de customer experience e que permitiu agregar competitividade para as jornadas digitais dos clientes. 

Segundo o CEO, a qualidade do software não deve ser pensada apenas quando o projeto está em fase de testes e sim durante todo o ciclo de seu desenvolvimento, "afinal seguimos nosso mantra #naoirriteocliente e não queremos que clientes utilizem aplicações com bugs, lentos e com falhas de segurança", completou o empresário.

Sobre o mercado de softwares brasileiro, Coelho faz uma crítica e acredita que a maneira de entregar experiências digitais para os clientes precisa ser mais profissional: "Se não pararmos de desenvolver aplicações sem um processo de qualidade continua e cheias de débitos técnicos como grande parte das empresas faz hoje, perderemos competitividade frente empresas globais que estão vindo para cá".

Performance

A Yaman coleciona bons resultados em sua trajetória desde a fundação em 2011. Além de ser considerada uma das 20 melhores PME's para trabalhar, segundo a Lovemondays, a empresa também fechou recentemente uma parceria com a austríaca Tricentis. 

"É mais uma solução extremamente interessante que é avaliada como líder dentre as ferramentas de automatização de testes no mundo. A Tricentis agrega bastante valor ao nosso portfólio e acreditamos que gera muito valor para determinadas empresas. Nós estamos sempre alertas para as inovações que contribuem para o aumento de competitividade dos nossos clientes neste mundo digital", afirmou o CEO para a Folha de Alphaville. Com a força da parceria, a Yaman, que cresce atualmente 50% ao ano no Brasil, pretende continuar ampliando seu desempenho. 

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 17 Outubro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário