Com alta procura, clínicas de Alphaville oferecem testes rápidos de coronavírus

Em Barueri, 7.500 testes rápidos foram realizados em profissionais de saúde e de segurança (Foto:Robinson Alvarenga/Secom Barueri)
O novo ministro da Saúde, Nelson Teich, tem defendido a ampliação de testes em massa do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil para planejar ações de controle. Porém, o Brasil tem enfrentado problemas para a implementação desta medida. 

Na região, Barueri e Santana de Parnaíba realizaram testes rápidos em profissionais que estão na linha de frente do combate à Covid-19. Segundo as prefeituras, foram 7.500 e 5.000 exames, respectivamente, e ambas ainda não têm previsão de fazer exames na população. 

Em meio à falta de testes e a demora nos resultados, algumas clínicas particulares em Alphaville oferecem o exame rápido. Segundo apuração feita pela reportagem em três estabelecimentos, o preço varia de R$ 260 a R$ 580. 

Segundo a médica e proprietária da Vacinville, Lilian Zaboto, em uma semana, 60 testes foram realizados. "Devido ao grande número de pacientes sem diagnósticos nos hospitais e o medo em se dirigir aos mesmos quando apresentavam sintomas mais brandos, fomos atrás dos testes rápidos. Fazemos cerca de dez por dia e temos até fila de espera", explica a especialista.

Danilo Scheit Vieira Jr, diretor técnico da AlphaImune, explica que a clínica também passará a oferecer o exame a partir de maio. "Eles serão realizados com hora marcada e fora dos horários de atendimentos de vacina como medida de proteção", disse. 

Procedimento
De acordo com Lilian Zaboto, o teste é realizado por meio de agendamento e com uma enfermeira. "Primeiro fazemos uma breve entrevista com o paciente. É preciso que ele tenha algum sintoma ou ter tido contato próximo com alguém que teve a doença. O teste sai em até 15 minutos, tem mais de 98% de sensibilidade e especificidade e registro na Anvisa", apontou a médica.

Segundo boletins emitidos pelas prefeituras de Barueri e Santana de Parnaíba, nesta quinta-feira (23), as cidades têm 513 e 110 casos confirmados da Covid-19, respectivamente. No primeiro município citado são 25 óbitos e, em Parnaíba, dois.

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 20 Setembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário