Barueri terá novas unidades de conservação ambiental

Jorge Alexandre/Beast Fotografia

 O município de Barueri deve ganhar em breve três unidades de conservação ambiental, nas regiões: Aldeia da Serra, Bairro dos Altos e Jardim Califórnia (incluindo o Sítio Santa Rita), Área Militar e Central. A medida está prevista no Plano Municipal de Mata Atlântica, apresentado na quarta-feira (21), durante audiência pública, na Câmara dos Vereadores.

Para preservar os remanescentes de Mata Atlântica, a administração também quer implantar Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE de Barueri). A meta total de proteção é de 459,44 hectares, em relação as ARIE Aldeia de Barueri, Bairro dos Altos e Área Militar. Nestes locais será permitido o corte de até 30% da cobertura vegetal nativa da propriedade.

De acordo com o texto do documento, "a referida escolha levou em consideração o crítico estado de conservação dos fragmentos e o potencial deletério do aumento da fragmentação, mas também o direito ao uso da propriedade".

O Plano também aponta a criação de 14 parques urbanos. Atualmente, a cidade possui 535,51 hectares ainda preservados (8,78% do município), que estão no Bairro dos Altos (26,2%), Aldeia da Serra (36,1%) e Fazenda Militar (21,6%).

Outros 16,1%, espalhados por demais bairros.

Área de relevante interesse ecológico
A ARIE BARUERI é destinada à proteção da mata atlântica e da biota nativa, para garantir a manutenção, a reprodução das espécies e a proteção de habitat de espécies nativas, especialmente, as espécies raras, endêmicas, em perigo ou ameaçadas de extinção.

As áreas de florestas poderão compor o sistema de lazer ou as áreas verdes urbanas, desde que resguardada a proteção e preservação da biodiversidade e vedada qualquer supressão de vegetação, impermeabilização ou implantação de edificações.

Os órgãos competentes, sem prejuízo da autuação isolada no exercício de suas competências, devem realizar, de forma integrada, o controle e a fiscalização dos usos nessas áreas de proteção ambiental.

As licenças dos empreendimentos minerários existentes poderão ser objeto de condicionantes técnicas suplementares, de modo a serem adequadas aos fins a que se destinam as áreas de proteção ambiental, consoante ao artigo 225 da Constituição federal.

Arborização
O município possui 27,99% de projeção de copa de árvore em relação ao território. Um número estimado de 358.260 árvores no interior da cidade ou dos fragmentos de vegetação, se considerado uma média para cada exemplar de 50m² de projeção de copa.

A área impermeável está estimada em 43,41%. Os espaços recobertos por gramíneas somam 22,8%, situação que representaria ajardinados, terrenos livres de espécies arbóreas agrupadas ou áreas passíveis de recuperação ambiental e incremento dos fragmentos florestais.

Veja mais notícias sobre Barueri.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 12 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário