Casa e Decoração

Arquitetas dão dicas de como refrescar a casa e se preparar para o verão

Casa & Decoração

Arquitetas dão dicas de como refrescar a casa e se preparar para o verão

Saiba como deixar o lar mais confortável para enfrentar os dias mais quentes 

Saiba como deixar o lar mais confortável para enfrentar os dias mais quentes. (Foto: Divulgação)

Mesmo sem a chegada 'oficial' do verão, o calor tem elevado a sensação térmica da estação, deixando alguns ambientes da casa ainda mais quentes. Mas como melhorar esse panorama?

As arquitetas Carina Dal Fabbro, Pati Cillo e Júlia Guadix, dão dicas para driblar o clima quente e alcançar o tão sonhado bem-estar em casa durante este período.

Confira o passo a passo elencado por elas:

Cores claras

As cores exercem muita influência na sensação de um ambiente. Dessa forma, os tons claros são os mais indicados para a obtenção de cômodos mais refrescantes. Quem quiser deixar a casa com um gradiente mais ameno deve realizar a substituição de itens mais escuros, usualmente empregados em almofadas, tapetes e cortinas, por exemplo.

Para Júlia Guadix, vale apostar em estampas ou em tecidos neutros leves e naturais como cetim ou algodão, que permitem mais respiro no local.

Entre as cores sugeridas, a arquiteta Carina Dal Fabbro tem notado que o coral e o rose seguem como grandes opções em ambientes.

Ventilação

O primordial em dias quentes é manter a casa ventilada. Segundo a arquiteta Pati Cillo, o ar-condicionado é cada vez mais pedido em novos projetos residenciais, principalmente nos quartos e em áreas sociais.

Quem não tem o eletrodoméstico deve investir no bom e velho ventilador. Para um uso otimizado e eficaz, a recomendação de Patti é posicioná-lo em diversas áreas de casa e, se possível, em locais como de costas para a janela.

Plantas

Junto com a decoração, as plantas contribuem para o frescor e o clima de bem-estar. Entretanto, Júlia Guadix traz uma ressalva: não basta ter apenas um vasinho aqui ou acolá. "O valioso é ter uma combinação de espécies, sempre lembrando que, quanto maior o tamanho da folha, mais a plantinha respirará, nos dando como resultado um ambiente mais úmido e agradável", avalia.

Mas, e as espécies? As mais indicadas para os ambientes internos são Jiboia, Avenca, Begonia, Samambaia, Costela de Adão e Filodendros, entre outras, que apresentam uma fácil adaptação em casa, desde que sejam agraciadas por ventilação, luz natural e a rega conforme as características particulares de cada uma.

Iluminação

Para a arquiteta Carina Dal Fabbro, a iluminação mais próxima do natural (3.000 kelvin) é a luz branca quente. Além dela, também é possível apostar em luzes incandescentes ou pendentes. Além de trazer um clima diferente para a área, colabora para economizar energia e deixa a casa com uma atmosfera mais gostosa. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 13 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/