'Bandidos na TV': série da Netflix mostra os bastidores do sensacionalismo e da política

bandidos-imagem-destacada-1
Com uma trama que supera qualquer ficção, a série documental brasileira tem tudo para se tornar um hit da plataforma de streaming. (Foto: Divulgação)

A Netflix vem apostando em um novo formato de muito sucesso: a série documental. Nos últimos anos, obras como "Making a Murderer", "The Keepers" e "Wild Wild Country" ganharam adesão entre o público. 

Com "Bandidos na TV", a rede de streaming lança uma série nacional para recontar um dos casos mais bizarros da televisão brasileira, que por muito tempo se manteve encoberta.  

A série se vende como um retrato do caso envolvendo um apresentador de TV chamado Wallace Souza, criador e líder do Canal Livre - um programa policial de Manaus, lançado em 2000, em que ele perseguia e denunciava traficantes. 

O programa rendeu momentos que até hoje são referência para o publico aficionado pela internet e pelos memes, como a briga do Gil da Esfirra com o boneco Galerito.

Sua fama entre as camadas mais pobres da cidade chegou ao ponto de lhe render três mandatos como deputado estadual mais votado do Amazonas.

Mas a partir de 2008 tudo mudou: Wallace passou a ser acusado de ser, na verdade, o líder de uma quadrilha de traficantes que mandava matar seus concorrentes para dar mais audiência para seu programa.

Essa é apenas a ponta do iceberg de uma guerra pelo poder que culminou na barbárie dos presídios locais que acontece neste exato momento, palco de massacres envolvendo facções criminosas que têm forte controle no estado atualmente.

Mesmo com toda essa trama envolvendo assassinatos, bastidores da política e até uma assombrosa rede de pedofilia, o Caso Wallace não é muito conhecido no Brasil além da região norte, e ainda vai surpreender muitos espectadores por aqui.

A série documental já está disponível no catálogo da Netflix.

Veja mais notícias sobre VídeosCaderno A.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 10 Dezembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário