Universidades do Canadá abrem bolsas de até R$ 147 mil para brasileiros

University-of-British-Columbia
O projeto faz parte do programa Futuros Líderes nas Américas (ELAP). Atualmente há vagas para universidades localizadas em Toronto, Vancouver, Ontário e Calgary. (Foto: Divulgação)

Universidades canadenses estão oferecendo oportunidades aos brasileiros que desejam estudar no país, que atualmente ocupa o 12º lugar na lista de Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), sendo um dos mais desenvolvidos do mundo.

O governo do Canadá conta, anualmente, com centenas de bolsas de estudos para estudantes da América Latina. O projeto faz parte do programa Futuros Líderes nas Américas (ELAP).

As bolsas são destinadas para graduação ou pós graduação (em todas as áreas de conhecimentos, como medicina, administração, direito, química, relações internacionais, entre outros). Além disso, serão oferecidas oportunidades para realização de pesquisas. A bolsa vai cobrir gastos como transporte aéreo, livros, despesas com moradia, visto e seguro-saúde.

Para concorrer, será necessário que o estudante esteja devidamente matriculado em uma instituição de ensino superior no Brasil (também é necessário que a instituição tenha um acordo com as universidades canadenses). Os interessados devem, ainda, ter bolsas de pesquisa com projetos que são relacionados ao desenvolvimento ou a governança.

Atualmente, há bolsas disponíveis nas seguintes instituições: Universidade de Western, Faculdade de Humber, Universidade da Columbia Britânica, e Universidade de Calgary.

Faculdade de Humber

Em Toronto, a Faculdade de Humber, conta, atualmente, com dois campi e oito escolas acadêmicas. A faculdade recebe cerca de 29 mil estudantes por ano para nada menos que 180 cursos acadêmicos integrais oferecidos. Sendo assim, o aluno poderá optar por uma das diversas áreas da faculdade, sendo elas: Tecnologia Aplicada; Negócios; Artes Performáticas e Criativas; Ciências da Saúde; Hospitalidade e Turismo; Artes Liberais e Ciências; Estudos da Mídia e TI; e Serviços Sociais e Comunitários.

Há, ainda, a oportunidade de cursar Inglês com propósito acadêmico. O estudante pode, nesse caso, conquistar fluência no idioma e posteriormente realizar uma graduação na própria faculdade.

São diversas bolsas de estudos para mais de 5 mil estudantes internacionais. Esse é o caso do programa Entrance Scolarships, que oferece bolsa para novos alunos de cursos de graduação e pós graduação. Há ainda, bolsas conforme mérito acadêmico, sendo concedidas para estudantes que obtiverem o melhor desempenho em cada uma das faculdades e escolas da instituição.

Universidade da Columbia Britânica (UBC)

A Universidade da Columbia Britânica, em Vancouver, oferece bolsas de estudos para estudantes de fora do país que sejam aceitos em um de seus 43 programas de graduação. Ela está presente na lista das 50 melhores instituições educacionais do mundo.

São duas bolsas oferecidas. A primeira, IMES, é estendida para os quatro anos de graduação, com valores que podem chegar a C$ 40 mil (cerca de R$ 117.600,00 atualmente). A segunda é a OIS, que cobre apenas o primeiro ano da graduação, com valores entre C$ 2,5 mil a C$ 10 mil.

O estudante pode, conforme Universidade, ser contemplado por ambas as bolsas. Sendo assim, não é necessário fazer uma inscrição separada para concorrer ao benefício. Isso ocorre devido a todos os estudantes estrangeiros concorrem automaticamente as bolsas.

Universidade de Calgary 

A Universidade de Calgary abriu bolsas de estudos para pós graduação. As bolsas são ofertadas pela própria instituição e também pelo governo federal e provincial. Para concorrer, os interessados devem acessar o site da universidade e acessar o "Graduate Awards Database". Essa é uma ferramenta que possibilita a pesquisa de bolsas de estudo disponíveis na instituição.

Universidade de Westernt

Em Western, a Universidade abriu oportunidades na província de Ontário. A Universidade recebe, por ano, cerca de 4 mil estudantes estrangeiros, oriundos de nada menos que 121 países diferentes.

Com um ensino de extrema qualidade, são 12 faculdades e com escolas acadêmicas. São exemplos de cursos: artes, engenharia e ciências da saúde. Há oportunidades também, em estágios, trabalhos e funções remuneradas.

A Universidade oferta anualmente três bolsas de estudo no valor de C$ 50 mil (cerca de R$ 147 mil) para estudantes estrangeiros que possuam desempenho excepcional. Há, ainda, a disponibilidade de bolsas que variam de C$ 1 mil até C$ 10 mil.

Para se matricular, o interessado deverá ter um diploma do ensino médio com excelentes médias. A Universidade vai avaliar a inscrição realizada pelo estudante e vai calcular a média de admissão conforme requisitos exigidos pelo cursos de interesse do candidato. Para conseguir, assim, uma das bolsas, será necessário ter um percentual de 88%. 

Veja mais notícias sobre Turismo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 23 Julho 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário