Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

6 atitudes para uma viagem com menos impacto ambiental

6-atitudes-viagem-1
Especialista e idealizadora do primeiro hostel sustentável do Brasil dá dicas de como viajar e ajudar o meio ambiente

Está com viagem programada para o Carnaval? Você sabia que nós podemos viajar e, ao mesmo tempo, cuidar da natureza causando menos impacto? Para isso, a tecnóloga em Processos Ambientais e idealizadora do hostel O Bosque – o primeiro sustentável da categoria no Brasil - Eduarda Guimarães Almeida, vai te ajudar nesses preparativos.

Na preparação

Encontre amigos que já foram para aquele lugar e tem dicas super preciosas; pesquise nos mais diversos sites de avaliação e construa a mais mãos o seu roteiro. "A vida é feita de momentos a serem compartilhados, e boas dicas vão facilitar sua vida, tornando sua viagem ainda mais especial", avalia Eduarda.


Na escolha do local

Na hora de escolher um local para se hospedar, que tal escolher lugares que tenham propostas que façam diferença em pelo menos algum quesito relacionado ao meio ambiente? Pode ser através das tecnologias, processos ou até na construção. "Você vai se surpreender nessa pesquisa. Por onde começar? Entre no site, envie um whats ou um e-mail para pedir mais informações; temos que incentivar esse tipo de ação sem ser greenwashing", comenta.

Nos trâmites

Um caminho bem interessante para uma viagem com menos impacto, é quando falamos em reduzir a quantidade de papel. Tente evitar imprimir vouchers de reserva de hospedagem e passeios, tickets de transporte e cartões de visita. Hoje você pode armazenar tudo no seu telefone/e-mail. Para facilitar, faça sua pasta. Fica super organizado e sem volume.


No transporte

Essa dica é legal e ainda ajuda a economizar. Que tal compartilhar o transporte na sua viagem? Existem vários aplicativos que hoje oferecem essa opção, evitando, assim, a emissão desnecessária de gases poluentes na atmosfera, além da possibilidade de fazermos novos amigos.


Na hora das compras

Procure saber de onde vem aquelas lembrancinhas para família toda. Será que foram produzidas na região? Ou será que atravessaram o mundo para estar ali? Faz mais sentido você atravessar o mundo e encontrar itens autênticos apoiando o comércio local, que comprar produtos que não foram criados e produzidos ali, repensar essa dinâmica também faz parte da viagem. Menos embalagens e materiais desnecessários, causam sempre menos impacto.

Alimentação

Uma das coisas mais incríveis que podemos acessar em viagens são os sabores. É óbvio que não podemos saber qual a procedência de tudo, mas pesquisar por ingredientes locais e receitas do local já é um passo. Conhecer também as feirinhas de cada canto, pois ali existe a verdade simples de determinada população, além de preços super acessíveis. Ao invés de escolher uma mega rede de fornecimento, opte pelos estabelecimentos da região, dando mais vez ao local do que o global.

Por fim, como organizar a mala

Quanto mais peso carregamos, mais gases emitimos no transporte. Sendo assim, escolha uma mala que não seja muito pesada. Para as roupas, também olhe por essa mesma perspectiva: menos peso e mais versatilidade.

Eduarda já visitou mais de 25 países e, com base nessa experiência, lembra que além do cuidado com o meio ambiente, é importante se divertir. "Pequenas mudanças fazem uma grande diferença. Essas são algumas sugestões para te inspirar a organizar uma viagem prática de forma sustentável. Mas lembre de se divertir", finaliza a empresária. 

Veja mais notícias sobre Turismo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 01 Junho 2020

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário