Sábado, 13 Agosto 2022

Política

Sem João Doria, PSDB da região aguarda definição da ‘terceira via’

Política

Sem João Doria, PSDB da região aguarda definição da ‘terceira via’

Saída do tucano faz sigla aguardar definição de apoios ao Planalto

Pela segunda vez em uma semana, o governador esteve em Barueri, desta vez para anunciar o início das obras de vias marginais na Castello; prefeitos da região, entre eles o gestor Rubens Furlan e a deputada Bruna Furlan, participaram o evento. (Foto: Governo de SP)

Com a saída do ex-governador João Doria (PSDB) da disputa pela presidência, o PSDB da região oeste aguarda a definição da chamada 'terceira via' para fechar os apoios presidenciais.

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB) classificou como "gesto de grandeza" a decisão de Doria, tomada após ele sofrer resistência da cúpula do PSDB em ser o nome da legenda em outubro. "Num gesto de grandeza, ele desistiu da candidatura que era o grande sonho dele. Desistiu para viabilizar ou pelo menos dar um start a uma aliança e criar uma uma terceira via", afirmou Furlan.

"O Brasil está numa situação muito difícil, está bem dividido e isso não é bom para os brasileiros nem para o Brasil", avaliou. "Ele abriu caminho para que o país se junte de novo em torno de uma candidatura que possa ser importante pro Brasil".

Apesar disso, tucanos da Câmara de Barueri criticaram Doria na sessão de terça-feira (24) e festejaram a saída do ex-governador.

Com a saída do tucano, a aliança entre PSDB, Cidadania e MDB caminha para o lançamento da senadora Simone Tebet (MDB), mas a definição ainda deve demorar, pois outros nomes como o do ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, voltaram a ser especulados.

Contudo, oficialmente sem um nome corrida eleitoral pelo Palácio do Planalto, a sigla tem se mobilizado em especial para a pré-candidatura à reeleição de Rodrigo Garcia (PSDB) e a disputa para a Assembleia Legislativo e Câmara dos Deputados.

Pela segunda vez em menos de uma semana, Garcia esteve em Barueri, desta vez para o início das obras de vias marginais na Rodovia Castello Branco, em evento que contou, além do prefeito Rubens Furlan (PSDB), com outros gestores da região como Marcos Neves (PSDB), de Carapicuíba, Igor Soares (Podemos), de Itapevi.

Furlan fez um novo discurso em apoio a Garcia, assim como a deputada Bruna Furlan, de não "mexer em time que está ganhando" e para não deixar que a situação vista em nível nacional chegue ao estado. "A situação do Brasil é terrivelmente ruim. E injusta com os nossos trabalhadores. O que nós não somos aqui em Barueri. Em Barueri ninguém passa fome".

Fabião, do PSDB, festeja saída de Doria

A saída do ex-governador João Doria (PSDB) da corrida presidencial repercutiu na Câmara de Barueri na terça-feira (24). "Até que enfim esse camarada está extinto da política. Não sei onde ele vai ficar, mas no meio político ele não é bem-vindo", afirmou Fabião (PSDB). Apesar disso, Fabião votou em Doria nas prévias do partido.

A única fala contrária veio de Kascata (União). Apesar de não ter votado em Doria em 2018, ele ressaltou a construção do hospital regional em Barueri como conquista do ex-governador. "Ia votar como barueriense, devido à gratidão ao hospital que ele fez na nossa cidade". Apesar disso, parlamentares minimizaram o papel do ex-governador, por Barueri ter investido metade dos recursos da obra do hospital regional, além de ceder o terreno para a construção. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 13 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/