Queixas contra Sabesp lideram requerimentos dos vereadores

O Parlamentar Adalto Pessoa registrou mais de 140 pedidos (Michela Brígida/Folha de Alphaville)

De acordo com um levantamento realizado pela Folha de Alphaville junto aos sites das Câmaras Municipais de Barueri e Santana de Parnaíba, feito na quarta-feira (13), neste ano foram protocolados o total de 1.068 requerimentos pelos vereadores, sendo 1.058 anotados pelo legislativo parnaibano. A Câmara de Barueri registrou apenas 10 requerimentos. Deste geral, 44% das solicitações se referem a pedidos direcionados à Sabesp, a maioria reparos em asfaltos e consertos da rede. Todas as reclamações, que somam 474, partiram dos parlamentares de Parnaíba.

O vereador Adalto Pessoa (PSDB) registrou 142 requerimentos para a Sabesp, ou seja, quase 30% dos pedidos. A maior parte das reclamações se refere a tapa buracos e falta de água, segundo o parlamentar. "Teve semana que eu entrei com 18 requerimentos. Agora, estamos tendo grande problema no Bairro 120. Estamos cobrando da Companhia e parece que estão melhorando aos poucos. Eles sempre têm respondido", contou.

De acordo com o tucano, em média, a Sabesp demora 15 dias para responder os requerimentos. " Quando respondem, geralmente já resolveram a questão". Quando o problema é emergencial, como falta de água, ele informou que, além do requerimento, entra em contato direto com os diretores da empresa.

Adalto está com um Projeto de Lei de sua autoria em tramitação na Câmara sobre a questão. A proposta prevê a redução do prazo para a Sabesp realizar reparos em asfaltos, sendo de até 12 horas nas avenidas principais e de até 24 horas nas vias adjacentes.

Resposta
Procurada pela reportagem a Sabesp destacou que tem aprimorado as tecnologias e controles para realizar cada vez melhor e mais rapidamente os devidos reparos (reposições de pavimento) nos locais onde foi necessária a execução de seus serviços. "O prazo para a execução dessas reposições, conforme prevê a deliberação da Arsesp, é de três a sete dias corridos, a partir da realização do serviço. Há casos em que a Sabesp pode fazer uma reposição provisória do pavimento para liberação da via, sendo posteriormente realizado o serviço definitivo, mas sempre dentro do prazo estabelecido".
Na nota, a Companhia ainda pediu desculpas por qualquer "eventual transtorno causado" pela realização das obras e pediu aos clientes que entrem em contato pelos telefones 195 e 0800 011 9911 (ligações gratuitas), pela agência virtual no site www.sabesp.com.br ou pelo APP para avisar sempre que houver necessidade.

 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 07 Dezembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário