PSL e Novo recebem mais filiados na região

Após a disputa eleitoral do ano passado, partidos políticos de Barueri e de Santana de Parnaíba tiveram uma tímida adesão de novos membros. Até abril, as 35 legendas cadastradas na Justiça Eleitoral somaram 239 novos militantes (descontando as desfiliações), uma alta de 0,8% e um total de 29,7 mil pessoas vinculadas à política.

Essa timidez, contudo, variou de sigla para sigla e dois partidos se sobressaíram aos demais. Boa parte das novas filiações foram feitas junto ao PSL e ao partido Novo, que arremataram sozinhos 277 adesões entre abril do ano passado e abril deste ano.

Abril é a data obrigatória para todos os partidos apresentarem a lista de nomes que fazem parte dos diretórios. Os dados de Barueri e de Parnaíba mostram um cenário negativo à maioria das siglas, que mais perderam filiados do que ganharam. Para se ter ideia, em Barueri e Parnaíba, 16 partidos estão com menos membros do que estavam ano passado, sendo que ao menos seis ficaram estagnados após o período eleitoral.

A ascensão do PSL na cidade coincide com a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) e foi vista sobretudo em Barueri, onde o partido dobrou de tamanho. Há um ano tinha 136 filiados, enquanto neste ano são 269. A legenda também cresceu em Parnaíba, mas com menos força. Foi de 136 adeptos para 179 (31%).

No caso do Novo, o aumento se deu de forma diferente nos municípios. Legenda que teve como candidato presidencial o empresário João Amoedo, o Novo duplicou o número de membros em Parnaíba, onde agora são 82 filiados. Em Barueri, o crescimento foi de 54% e um total de 105 partidários.

O cenário é semelhante ao da política nacional. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, PSL e Novo foram os que mais receberam filiações no Brasil nos primeiros meses de 2019.

Os dados mostram uma mudança na região, embora semelhante em alguns aspectos, quando partidos menores tiveram uma alta maior do que os tradicionais, caso do Podemos que possui 543 filiados nos dois municípios. Neste ano porém o partido estagnou.

SIGLAS TRADICIONAIS

Apesar do crescimento maior do Novo e do PSL, o domínio no número de filiados segue com os partidos tradicionais, que apresentaram pouco crescimento. Governo por Rubens Furlan (PSDB), Barueri teve 12 novas filiações no PSDB - agora são 2.209. A sigla com mais membros na cidade segue sendo o PMDB, com 3.500.

Os tucanos também governam Santana de Parnaíba, com Elvis Cezar. O PSDB na cidade conta 843 filiados, três a menos do que o contabilizado em 2018. Com 1.392 filiados, o PTB é a sigla com mais adesões no município. 

Por Paulo Talarico

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 17 Agosto 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário