Mais de 270 servidores receberam auxílio emergencial indevido

20200429192535987235i-1280x720
Funcionários terão que fazer a devolução do benefício (Agência Brasil)
De acordo com dados da Controladoria Geral da União (CGU), 280 servidores da região receberam auxílio emergencial, pago pelo Governo Federal, de forma indevida. Em Barueri foram identificados 152 servidores e na cidade de Santana de Parnaíba, 128.

Os resultados foram obtidos por cruzamento de informações, com indicação de recebimento do benefício sem a observância de requisitos da Lei que o instituiu. Segundo a CGU, as ocorrências, relacionadas a pagamentos a agentes públicos incluídos como beneficiários, demandam apuração individualizada pelos gestores responsáveis. 

O servidor público que tenha recebido pagamento indevido, ciente de sua não elegibilidade ao Auxílio Emergencial, pode providenciar a devolução, acessando o endereço eletrônico neste link. Basta inserir o CPF do beneficiário que deseja e gerar uma Guia de Recolhimento da União (GRU), que pode ser paga no Banco do Brasil, ou outras redes. 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 08 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário