Furlan diz que substituição na Saúde “prejudicaria” combate ao coronavírus

Prefeito é aliado de Terra, mas quer Mandetta no ministério. (Foto: Michela Brígida/Arquivo Folha de Alphaville)

Próximo do deputado federal e ex-ministro da Cidadania Osmar Terra (MDB), o prefeito Rubens Furlan (PSDB) disse que uma troca no comando do Ministério da Saúde "prejudicaria a estratégia de combate à pandemia". Terra foi cotado nos últimos dias para substituir o atual ocupante da pasta, Luiz Henrique Mandetta (DEM), que vem sendo pressionado pelo presidente Jair Bolsonaro a afrouxar a política de isolamento social no enfrentamento ao coronavírus. "Mandetta está fazendo um bom trabalho", afirma Furlan. 

O prefeito também voltou a criticar o presidente - que, segundo ele, estaria "inflamando" alguns setores do empresariado para retomar a atividade econômica. "A decisão não é e não pode ser política", diz Furlan. "É uma decisão técnica, baseada nas recomendações de especialistas". Em Barueri, disse o prefeito, a administração municipal "conta com o apoio" da ACIB (Associação Comercial e Industrial de Barueri).  

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 06 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário