Em Santana de Parnaíba, 46% das obras em andamento estão atrasadas

De acordo com um levantamento realizado pela Folha de Alphaville, junto ao site da Prefeitura de Santana de Parnaíba, na quarta-feira (9), do total de 26 obras em andamento na cidade, 12 estão atrasadas; o que representa 46%. Os projetos integram o Plano de Metas 2018-2019, elaborado pela administração municipal. Na lista, das obras que estavam previstas para já terem sido entregues neste ano, mas não foram, está a ampliação e modernização do Estádio Municipal (fase de 80%), deveria ter sido concluído em maio; a construção dos colégios municipais: Cristal Park (30%, era para maio), Ricarda dos Santos Bianco (estimado para abril, em fase de 30%) e Jardim São Luis, esperado para agosto; que está com apenas 20% do cronograma feito.

Na área da saúde, há quatro Unidades Básicas de Saúde que ainda não entraram em funcionamento, UBS Refúgio dos Pinheiros, prevista para agosto (60%); UBS Cururuquara, para abril (60%) e UBS Colinas Anhanguera (70%), esperadas obras de ampliação também para abril e UBS Sítio do Morro, que deveria ter sido concluída em fevereiro, mas só possui 20% das obras feitas.

Lista
Ainda completam a lista, a construção do Parque Municipal Parque Santana (70%, que era para agosto), o projeto de aulas de robótica nas escolas, com conclusão estimada para agosto (consta com 30% a fase), regularização fundiária (30%), que também seria finalizada no mesmo mês citado e a integração de ônibus municipal, com só 10% realizada. O benefício do transporte era para estar em prática desde fevereiro.

Sobre as obras em andamento, que ainda não tiveram o prazo de entrega expirado, constam: Arena de Esportes, Complexo esportivo com Piscina Fazendinha e Colinas, ligação Cidade São Pedro- Colinas, CAPS Adulto Itapuã, FATEC Fazendinha, Parque 120/Fazendinha, Colégios Sítio Rosário, Chácara das Garças, Chácara Solar e Votuparim. A maioria delas tem cerca de 30% da fase realizada, com entrega prevista para dezembro. 

2020
Para 2020 está prevista a continuação do programa Universidade Para Todos, parceria com o Governo Federal para conceder bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de ensino superior. O destaque, para o próximo ano, fica o Complexo Administrativo, que será o novo paço municipal. A estimativa de conclusão é dezembro de 2020.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura para solicitar informações sobre a questão, mas não obteve retorno até o fechamento da edição.

Plano futuro
O novo Plano 2019-2020, que tinha sido 'prometido' para abril deste ano ainda não decolou. A gestão também não respondeu sobre o assunto. A prefeitura chegou a abrir consulta pública para os cidadãos, em relação a sugestões e prioridades, por meio do site. Porém, o Plano ainda não foi divulgado.

Prioridades

Outras 25 obras e/ou projetos foram entregues pela prefeitura, que também fazem parte do Plano de Metas 2018-2019, mas nem todas dentro do prazo. Na área da saúde foram concluídas três unidades, sendo a de maior destaque o Complexo Hospitalar. A previsão era dezembro de 2018, mas a entrega aconteceu somente em setembro deste ano. O Complexo, anexo ao Hospital Santa Ana, possui Pronto Socorro Infantil e novas instalações do Centro de Especialidades (AME). O prontuário eletrônico dos pacientes e o agendamento de consultas, de forma online, foram finalizados.

 


Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 15 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário