Cioeste busca parceria com Google para Escola de Tecnologia

Criado no final de 2013, Cioeste conseguiu se consolidar como um consórcio permanente (Foto: Divulgação)

O Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste), composto pelas cidades de Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Osasco, Jandira, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Araçariguama e Vargem Grande Paulista, está buscando parceria com o Google para a implantação de uma Escola de Tecnologia. informação é do presidente do Consórcio e prefeito de Itapevi, Igor Soares (PODE). Ainda não há detalhes.

Em entrevista à Folha de Alphaville, Igor também contou que está sendo discutida a criação de uma casa para tratamento de dependentes químicos. Ainda entre as novidades, em breve Cajamar deve integrar o grupo. "A cidade está prestes a oficializar o ingresso no Cioeste", disse.

Opiniões partidárias
Sobre a estratégia para manter o equilíbrio à frente do Cioeste, Igor afirma que "as opiniões partidárias podem ser diferentes entre os dez prefeitos, mas os desafios nas gestões municipais são comuns. Daí a necessidade de sempre focar na solução dos problemas e, automaticamente, temos equilíbrio. O foco não é político partidário, mas de gestão eficiente e em conjunto", falou.

Conquistas
Criado no final de 2013, o Cioeste já passa dos cinco anos e conseguiu se consolidar como um consórcio permanente. O presidente ressalta as principais conquistas em sua avaliação, como ser o maior Consórcio do Brasil em número de pessoas beneficiadas e ao mesmo tempo em orçamentos municipais reunidos.

Na análise de Igor, a Ata de Registro de Preços para aquisição de remédios foi um dos principais ganhos para os municípios. Outro projeto, citado por ele, é a Casa Abrigo da Mulher, em funcionamento, que atende vítimas de violência que precisam de acolhimento e proteção. "Desde janeiro deste ano, quando iniciei como presidente do Cioeste, abraçamos algumas lutas em defesa da região. A primeira é a vinda da Ceagesp. Temos duas opções, uma em Santana de Parnaíba e outra onde era a Lagoa de Carapicuíba. Esta segunda é mais atrativa, porque o impacto de trânsito seria menor", ressaltou 


Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 21 Setembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário