Política

‘Chance de chapa Lula e Alckmin é de 99%’, diz França

Política

‘Chance de chapa Lula e Alckmin é de 99%’, diz França

Geraldo Alckmin deixou o PSDB na quarta-feira (15) 

Alckmin sai do PSDB após mais de 33 anos no partido (Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

 O ex-governador de São Paulo Marcio França (PSB) disse na quinta-feira (16) que a chance da chapa Lula-Alckmin vingar, na sua avaliação, é de "99%", sobre a disputa pela presidência em 2022.

A declaração foi feita após o pedido oficial de Alckmin de desfiliação ao PSDB, na quarta-feira (15). França, junto com Fernando Haddad (PT), que havia confirmado pré-candidatura ao Governo de São Paulo, foi o patrocinador dessa aliança Lula-Alckmin e organizador das primeiras conversas entre os dois.

2022
Lula e Alckmin, no entanto, querem aguardar até o início do ano que vem para dar prosseguimento a novas conversas e definições – incluindo pendências como a disputa pelo Governo de São Paulo.
França, por exemplo, é candidato ao Palácio dos Bandeirantes e o PSB, seu partido, quer que Haddad concorra ao Senado.

Impasse
Já o governador João Doria (PSDB), pré-candidato ao Planalto, falou em entrevista exclusiva, anteriormente, à reportagem, que "essa é uma análise que cabe ao próprio governador Geraldo Alckmin definir as motivações para essa aproximação com o ex-presidente Lula, que ele e o PSDB sempre combateram nos últimos 20 anos". Alckmin ainda não confirmou a aliança.
Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 17 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/