Bruna Furlan já gastou R$ 264,3 mil neste ano

A tucana foi eleita com mais de 26 mil votos (Câmara dos Deputados)

O Congresso gastou nos últimos dez anos R$ 2,8 bilhões para ressarcir deputados e senadores por despesas como alimentação, combustível, fretamento de aeronaves, hospedagem e passagem aérea. Ainda não há um sistema para checar se o serviço descrito na nota fiscal foi de fato prestado, o chamado cotão parlamentar da Câmara completa dez anos de sua criação no mês de maio.

Neste ano, de janeiro até abril, a deputada federal Bruna Furlan (PSDB) gastou R$ 41,7 mil com os tipos de serviços mencionados acima, de acordo com a Câmara dos Deputados. Seu limite anual é de R$ 148,1 mil. Até o momento, a deputada usou 28,1% da verba. O maior gasto foi computado em fevereiro, R$ 18,7 mil. Na sequência, aparece janeiro (R$ 8,2 mil), março (R$ 7,3 mil) e abril (R$ 7,4 mil). A parlamentar tem uma cota mensal de R$ 111,6 mil para gasto em seu gabinete.

Ela conta com 12 funcionários ativos. Segundo o site da Câmara, Bruna utilizou R$ 111,1 mil em fevereiro e R$ 111,5 mil em março. O mês atual ainda não consta na lista. Bruna usufrui ainda do auxílio moradia R$ 4,2 mil por mês. O salário mensal de Bruna é de R$ 33,7 mil. Os dados foram levantados pela reportagem na quarta-feira (24). 

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 23 Outubro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário