Política

Barueri investe mais de três salários mínimos em educação

Política

Barueri investe mais de três salários mínimos em educação

 Estudo, realizado pelo Conselho Federal de Administração, analisou o valor per capita

De acordo com o Índice CFA de Governança Municipal (IGM-CFA), estudo realizado pelo Conselho Federal de Administração (CFA), a cidade de Barueri investe mais de três salários mínimos per capita em educação. O gasto médio brasileiro por habitante, segundo a pesquisa, foi de aproximadamente R$ 960,30. 

O município, governado por Rubens Furlan (PSDB), aplicou, ano base 2020, R$ 3.016,28 na área, ou seja, mais de três salários mínimos. A taxa de cobertura de creches também ficou acima da meta estabelecida, que era de 56,15, com 62,80. Na área da saúde, o governo aplicou R$ 2,4 mil per capita, quando a média era de R$ 1,1 mil. A nota geral do IGM da cidade, considerando as diversas áreas, foi de 5,93. Em 2019, foi de 6,29.

O levantamento consiste em uma métrica da governança pública nos municípios brasileiros a partir de três dimensões: Finanças, Gestão e Desempenho. Ele foi elaborado por meio de dados que consideram as áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, saneamento e meio ambiente, transparência, segurança pública, entre outras.

Santana de Parnaíba
Em Santana de Parnaíba, administrada pelo prefeito Elvis Cezar (PSDB), o investimento per capita na educação foi de R$ 2.006,11. A taxa de cobertura de creches ficou em 48, abaixo da meta, de 56,15. Na área da saúde, a verba destinada per capita foi de R$ 1.148,02, centavos abaixo do esperado, de R$ 1.148,08.

Novo Fundeb
Foi aprovada recentemente, na Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 26 de 2020 que renova o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). O texto, que segue para ser votado no Senado Federal, aumenta de 10% para 23% a parcela de dinheiro que a União deverá repassar aos municípios. O Senado pretende votar a PEC do Fundeb ainda em agosto. Por meio do Fundo, a União distribui cerca de R$ 150 bilhões por ano para creches e escolas da educação infantil ao ensino médio.
Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 29 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/