Nacional

Como evitar a dor de cabeça com fraudes durante o Carnaval?

Nacional

Como evitar a dor de cabeça com fraudes durante o Carnaval?

Especialistas da FICO orientam consumidores sobre como se prevenir de golpes durante a folia 

Especialistas da FICO orientam consumidores sobre como se prevenir de golpes durante a folia

Durante o Carnaval, as pessoas ficam mais relaxadas e procuram esquecer das preocupações diárias. Muitos criminosos aproveitam a ocasião para aplicar golpes nos foliões, que precisam ficar cada vez mais atentos.

Diante desse cenário, especialistas em prevenção a fraudes da FICO, empresa de tecnologia de análise preditiva e tomada de decisões, prepararam dicas para que os consumidores se previnam de golpes durante a maior festa popular do Brasil.

Tome cuidado em caixas eletrônicos

Se um caixa eletrônico lhe parecer estranho ou se o seu cartão não entrar na máquina com facilidade, avalie a possibilidade de ir a outro lugar para realizar suas operações ou sacar dinheiro;

Nunca se aproxime de um caixa eletrônico se alguém estiver por perto e não converse com outras pessoas em torno dele;

Se o seu cartão ficar preso em um caixa eletrônico ligue imediatamente para a empresa ou o banco que o emitiu para relatar o problema. Às vezes, você pode pensar que seu cartão foi retido pelo caixa eletrônico quando, na realidade, será retirado por um criminoso que preparou uma armadilha no terminal. De qualquer forma, você deve cancelar o seu cartão e solicitar um novo o mais rápido possível.

Fique atento com suas compras no cartão

Verifique com frequência as transações feitas com seu cartão e imediatamente comunique sua instituição financeira, caso identifique uma compra que não reconheça;

Caso os números da sua senha apareçam na tela da máquina quando digitados, interrompa a compra e acione a polícia. Esse campo deve sempre mostrar apenas asteriscos;

Lembre-se de sempre pedir a via do cliente para saber o valor exato de sua compra, e de conferir que o vendedor devolveu o cartão correto. Bandidos podem se aproveitar do momento de festa e da grande quantidade de pessoas para devolver um cartão falso ao comprador.

Cuidado com a 'engenharia social'

Se você receber uma ligação de alguém que diz ser de seu banco, não forneça nenhuma informação, desligue e ligue diretamente para a sua instituição bancária. Saiba que o seu banco nunca solicitará sua senha, exceto quando você realiza consultas pelo sistema automático de atendimento telefônico. Criminosos podem aproveitar esta oportunidade para tentar enganar as pessoas e obter informações que facilitem um eventual golpe.

Colabore com as instituições financeiras

Pergunte ao seu operador de cartão se a empresa oferece tecnologia de alerta de compras e uso. Por esse sistema, você receberá comunicações de texto via SMS ou e-mail sempre que utilizar o cartão, podendo conferir imediatamente caso haja alguma atividade suspeita ou tentativa de golpe pelo uso indevido de seu cartão;

Atualize suas informações de endereço e telefone celular para todos os cartões e contas correntes que você possui. Isso permite que você seja encontrado se houver uma situação crítica que exija sua atenção imediata;

Solicite à administradora o cancelamento de seu cartão e peça um novo caso suspeite de um uso indevido ou fraudulento. É essencial alterar o número do cartão e a sua senha sempre que ocorrer um possível roubo de suas informações pessoais;

Se sua instituição financeira oferecer recursos de segurança aprimorados, como autenticação por etapas ou por token, certifique-se de sempre ativar esses recursos. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 06 Mai 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/