Plásticos descartáveis são banidos do monte Everest

000-1gu6hb
A proibição passa a valer em janeiro de 2020

Os nativos do Nepal já reclamam faz tempo que o aumento no número de visitantes tem causado superlotações perigosas na maior montanha do mundo. Entretanto, essa quantidade exorbitante de turistas não sobe sozinha: os plásticos descartáveis acompanham a jornada. 

Em apenas uma expedição, por exemplo, agentes do governo do Nepal removeram mais de 11 toneladas de lixo do Everest, sendo a maior parte desse lixo é oriunda do de plásticos, como garrafas de água que são descartadas no caminho da trilha.

A prefeitura de Khumbu Pasang Lhamu, cidade onde está localizado o Everest, tomou uma medida drástica para resolver a questão: proibir a presença de plásticos descartáveis na região.

A proibição passa a valer em janeiro de 2020 e inclui todos os tipos de plástico com exceção dos que possuem espessura inferior a 0,03 milímetros, valendo para sacolas, garrafas, canudos, garrafas de água e muitas variedades de embalagens de alimentos.

Veja mais notícias sobre Mundo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 19 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário