Domingo, 17 Outubro 2021

Mundo

Indústria de jogos cresce no mundo todo e setor importante é ignorado no Brasil

games Empresas

Indústria de jogos cresce no mundo todo e setor importante é ignorado no Brasil

Empresas lucraram na pandemia, mas pouco se fala sobre os cassinos online 

Fora do radar, também estão os gastos em cassinos online, como Pin-Up Casino, Twin Cassino ou YoYo Casino. (Foto: Pexels)

É um fato que, com o distanciamento e o isolamento, as pessoas tiveram que buscar alternativas de entretenimento. Além das empresas de streaming, a indústria de jogos também auferiu um crescimento considerável em todo o mundo. Mundialmente, o crescimento em 2020 foi de 19%, rendendo mais de US $174 bilhões. Só na Europa, os videogames arrecadaram 22% mais.

No Brasil, no entanto, o percentual é muito mais impressionante, com um aumento de 140%. Nesse bolo, estão os gastos com extensões de jogos, games de celular e de consoles. No entanto, fora do radar, também estão os gastos em cassinos online, como Pin-Up Casino, Twin Cassino ou YoYo Casino.

O que acontece é que, no mundo todo, o faturamento dos cassinos online é considerado no setor de apostas, tal como para as loterias. Como o Brasil ainda não possui uma regulamentação, esses dados nem mesmo são computados.

Os adultos brasileiro, compreendidos neste grupo qualquer pessoa maior de 18 anos de idade, já consegue se cadastrar em menos de dois minutos e apostar online. Esse dinheiro também está sendo utilizado em jogos. Portanto, com entretenimento limitado fora de casa, certamente houve um aumento considerável dos gastos que geraram muito mais do que o aumento de 140%.

Impacto nas contas do Brasil

Se, por um lado, o crescimento do mercado de games deu um fôlego extra para ao menos um setor em meio à crise econômica da pandemia, a situação poderia ser bem melhor. Caso a regulamentação da atividade dos cassinos online já estivesse completa, os ganhos obtidos pelos cassinos, todos estrangeiros, teriam ficado em parte pelo Brasil.

Através de taxas, já se sabe que milhões de dólares, úteis para os mais variados investimentos, seriam acumulados anualmente pelo governo. Infelizmente, não se pode ter uma ideia concreta da grandeza dos valores que não foram arrecadados em 2020, justamente por essa falta de controle.

Os números demonstram que o Brasil está no caminho certo para ficar entre os principais países no que diz respeito à indústria de games. No entanto, no quesito arrecadação para investimentos em outras áreas, é possível que o valor perdido pela não regulamentação dos "jogos de azar" seja muito maior. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/