Em 24 horas, empresa de Alphaville constrói uma casa durante evento

Carlos André é o dono da ATAI engenharia e responsável pelo projeto (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

Com o objetivo de auxiliar a redução do déficit habitacional brasileiro, a ATAI Engenharia é uma das empresas convidadas a participar do desafio Casa24h, que acontece na feira Feicon Batimat 2019, no Salão Internacional da Construção e Arquitetura, entre os dias 9 e 12 deste mês, em São Paulo. Liderada pelo engenheiro, empresário e morador de Alphaville, Carlos André, a equipe terá a missão de levantar uma casa de 45,6 m2, com sala, dois quartos, cozinha e 1 banheiro.

Unindo criatividade, tecnologia e sustentabilidade, a moradia será construída ao vivo, diariamente na Feicon. Entre as metas estabelecidas, o projeto precisou se enquadrar na mesma faixa de financiamento do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

No contexto atual do Brasil, o déficit habitacional é de quase 8 milhões de moradias. Segundo estudo da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), para combater este problema, seria necessário construir 1 milhão e 200 mil habitações até 2029, com um volume de100 mil unidades por mês.

Proposta
A convite da Inovatech, Engenharia, consultoria de sustentabilidade na construção civil que se uniu a Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do evento, a ATAI Engenharia integra a lista de participantes do desafio. A construção da casa acontecerá em três sessões, nos primeiros dias da feira, totalizando 24 horas.

"A casa foi concebida considerando transformações e deficiências que os moradores venham a ter ao longo do tempo e pode ser adaptada de acordo com a idade dos mesmos, níveis de mobilidade. Esse modelo apresentado na Feicon está dentro do padrão de moradia popular, mas pode ser adaptado a qualquer projeto até para uma casa de alto luxo", completou o engenheiro.

O público poderá fazer visitas guiadas pelos cômodos. "Estamos realizados em contribuir neste esforço conjunto para criar soluções que auxiliem nos problemas enfrentados pelo setor da construção civil nacional, como a baixa produtividade e a demanda por excelência nas edificações", disse Carlos André. 

Veja mais notícias sobre Imóveis.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 07 Dezembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário