Para segurança de pets, procura por microchips tem alta em Alphaville

Inserção do microchip é feita por meio de uma agulha. Com leitor, são reveladas informações do banco de dados do animal (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

Com o intuito de aumentar a segurança dos animais de estimação, donos de pets têm investido na aquisição de novas tecnologias, como a inserção de microchips. Em Alphaville, a realização deste tipo de procedimento teve uma alta de aproximadamente 50% no último ano, de acordo com pesquisa feita pela reportagem em petshops da região. 

O dispositivo também tem sido usado como uma importante ferramenta no combate de furtos e roubos de animais, principalmente na Capital, onde esses tipos de ocorrências aumentaram 110,8% nos últimos dois anos, conforme relatou a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP).

O microchip é um circuito eletrônico do tamanho de um grão de arroz, encapsulado em vidro, que possui um número único que é revelado quando aproximado a um leitor. Esse número pode ser cadastrado em um banco de dados com informações do proprietário, nome, raça e idade do animal.

De acordo com o veterinário Sérgio Sauia, proprietário da Clínica Veterinária Alphaville, a inserção do dispositivo é feita por meio de uma seringa, em uma agulhada, e dura apenas alguns segundos. "Com o chip, o animal fica devidamente identificado, praticamente sem possibilidade de fraude, em qualquer situação", acrescentou o especialista.

Em sua clínica, o principal motivo que leva os donos de animais da região a pedirem o sistema é a mudança para países europeus, uma vez que é exigido por lei a chipagem de todos os animais. "Em segundo lugar, como motivador da busca pelo dispositivo, está o receio de o animal ser roubado, furtado ou que ele se perca", acrescentou.

Em média, o procedimento custa entre R$180 a R$ 230. Uma vez implantado, o chip dura mais do que a vida estimada de qualquer espécie de animal doméstico. Como não tem bateria e fica inativo a maior parte do tempo, só funcionando no momento da leitura.

Procedimento grátis
Nas campanhas de castração realizadas pelas prefeituras de Barueri e Santana de Parnaíba, cães e gatos também passam pelo procedimento de microchipagem. A ação é gratuita.

Em Barueri, novas inscrições para a campanha serão abertas nos dias 5 e 6 de junho. O agendamento deve ser realizado das 8h ao meio-dia ou das 13 às 17h, pelos telefones (11) 4199-1500, (11) 4718-1789.

Em Santana de Parnaíba as ações são organizadas, geralmente, a cada dois meses. As inscrições podem ser feitas por meio do Sispet.  Informações: 4622-7517.


Roubos e furtos
Ciente da frequência de roubos e furtos de animais de estimação, a Secretaria de Segurança Pública informou, em nota, que todas as denúncias são investigadas pela Polícia Civil. "A Polícia Ambiental também realiza operações periódicas para coibir o comércio ilegal de animais e a prática de maus tratos, assim como a Divisão de Investigação sobre Infrações de Maus Tratos a Animais", acrescentou o órgão em nota.

Quem tiver informação que auxilie no trabalho policial pode utilizar o Disque Denúncia (181), acionar a polícia pelo 190 ou pela Delegacia Eletrônica (ww.ssp.sp.gov.br/depa).

Veja mais notícias sobre Empresas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 14 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário