Startup vai na contramão da pandemia e fatura com música

Experiência de Erick Andrade como músico ajudou a catapultar agência. (Foto: Divulgação)

O ex-operador do mercado financeiro Erick Andrade decidiu, no início de 2018, dar vazão a um antigo sonho: trabalhar com música. Ele mesmo um músico independente, Andrade fundou uma agência, a Best Play, com o objetivo de ajudar artistas como ele. 

Atualmente, a companhia tem sede na Alameda Rio Negro, reunindo 6 colaboradores que trabalham com mais de 70 artistas. Intuitivamente, porém, pode-se pensar que o momento não é propício para manter um negócio do tipo. 

O adiamento e cancelamento de shows por causa da pandemia já deu um prejuízo de R$ 480 milhões ao mercado musical brasileiro, de acordo com pesquisa da Data Sim divulgada em abril. O levantamento foi feito com 536 empresas do setor. Segundo elas, foram adiados ou cancelados 8.141 eventos musicais, que tinham juntos uma projeção de público de 8 milhões de pessoas. 

Só que, em meio a isso, Andrade encontrou um nicho que vem crescendo em meio à disseminação da Covid-19: o marketing digital. 

"A gente acabou pegando um nicho que não era muito explorado pelos músicos, e o mercado independente tinha dificuldade em ser atendido. Geralmente esse músico não tem muita verba", diz ele. "Nós tentamos oferecer serviços com valores acessíveis, e a só vendemos aquilo que a gente acredita que pode dar certo", conta.

Alguns números sugerem que ele está indo na direção certa. Entre fevereiro e março, o Instagram viu o número de lives explodir, com uma alta de 70%. Ao contrário do que vem acontecendo com muitos empreendedores, a pandemia está gerando oportunidades para o empresário. 

Faturamento 

"A Best Play tem crescido", afirma Andrade. "Considerando março e abril, a gente bateu recorde de faturamento - foram os meses que a gente mais cresceu. Na pandemia, o digital tem vantagem em relação ao físico", diz. Até hoje, o crescimento da companhia foi de 86% na comparação com janeiro deste ano, com alguns artistas indepdentes tendo superado a marca de 100 mil streams no Spotify. 

Mesmo com foco em músicos independentes, a Best Play divulga artistas de todos os estilos e portes. "A gente tem a nossa própria rede de comunicação, com páginas grandes nas redes e divulgação nas plataformas", diz. Para o projeto dar certo, a experiência de Andrade no ramo, conta ele, foi fundamental. "Ser músico independente é um grande diferencial", afirma. O trabalho da startup pode ser encontrado no Instagram @ bestplaymusic. 

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários: 1

Erick em Sexta, 29 Mai 2020 13:31

Que bacana!!!

Que bacana!!!
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 26 Setembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário