Domingo, 05 Dezembro 2021

Economia

Preços dos ovos estão 7% mais altos neste ano, revela pesquisa da APAS

Economia

Preços dos ovos estão 7% mais altos neste ano, revela pesquisa da APAS

Variação dos itens pode chegar até 94% 

Itens ficaram menores (Agência Brasil)
A segunda Páscoa da pandemia da Covid-19 deve ter ovos menores e mais caros. Segundo pesquisa da Apas (Associação Paulista de Supermercados), os preços dos ovos de Páscoa estão 7% mais caros em 2021.

Uma pesquisa divulgada pela Fundação Procon-SP em março mostrou uma diferença de até 94,19% em preços de chocolates vendidos em supermercados. O levantamento teve como alvo produtos para Páscoa, como caixas de bombons, ovos e barras de chocolates de várias marcas.
Para o almoço de Páscoa os supermercadistas estão apostando em um maior volume de vendas dos vinhos importados, 13,8% e pescados (peixes, 13%, e bacalhau, 12,1%).

Em relação aos preços em 2021, os vinhos importados e o bacalhau foram os que sofreram as maiores variações devido ao câmbio, 15,3% e 15,6%, respectivamente. O Procon orienta comparar os valores. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 05 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/