Economia

Por conta da pandemia, iFood reduz taxas de 200 mil restaurantes

Economia

Por conta da pandemia, iFood reduz taxas de 200 mil restaurantes


Entre as novidades, menores taxas, manutenção de fluxo de caixa e ampliação do acesso a crédito 

Nova medida valerá até 31 de março (Divulgação)
Diante do grave cenário econômico e sanitário que enfrenta o país, por conta do agravamento da pandemia, o iFood, empresa com sede em Osasco, anunciou novas medidas para apoiar os restaurantes parceiros.

Entre as novidades, menores taxas, manutenção de fluxo de caixa e ampliação do acesso a crédito.
Redução de taxas
Todos os restaurantes que atuam na plataforma terão suas taxas temporariamente reduzidas de 23% para 18% para quem opera via entrega iFood (com logística da plataforma) e de 12% para 11% para os estabelecimentos que comercializam no marketplace, ou seja, com entrega própria. As reduções, que tiveram início na quinta-feira (11), serão automáticas e se estendem até o fim do mês de março. Segundo a empresa, este benefício será em formato de reembolso, isso quer dizer que as taxas serão lançadas sem desconto, mas a diferença doada pelo fundo voltará para o restaurante nos mesmos lançamentos do pedido.

Esta doação em formato de reembolso ocorre na frequência dos repasses iFood para o parceiro. O restaurante pode verificar o valor total na sua fatura, na aba "Financeiro". Informações pelo site www.institucionalifood.com.br. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 04 Agosto 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/