Barueri é a 6ª cidade que mais gera postos de trabalho no Brasil em 2019

Abre-Postos-2
Setor de serviços foi o maior responsável pelo resultado de Barueri, com 7.217 novos postos gerados. (Foto: Andrea Felizolla/Folha de Alphaville )

A cidade de Barueri foi a 6ª cidade que mais gerou postos de trabalho com carteira assinada em todo o Brasil em 2019, à frente de capitais como Rio de Janeiro, Salvador e Porto Alegre, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério da Economia. O município encerrou o ano com 7.546 novos postos de trabalho, uma alta de 3,18% em relação à quantidade de vagas disponíveis em dezembro de 2018. 

São Paulo, com 80.331 vagas, foi a cidade que mais gerou empregos no país em 2019. Na sequência, vem Belo Horizonte (22.703), Curitiba (19.235), Brasília (16.241) e Manaus (10.458).

Na Região Oeste, depois de Barueri, vem Osasco, com 1.302 postos de trabalho gerados, um crescimento de 0,88%. Santana do Parnaíba, em terceiro, abriu 1.276 vagas no período, uma alta de 2,66%, enquanto Carapicuíba criou 939 empregos em carteira, número 2,97% superior ao estoque do final do ano retrasado. Já Itapevi foi a única das cinco cidades que viu o número de postos de trabalho diminuir: foram eliminados 209 deles, uma queda de 0,72% no período.

O setor de serviços foi o maior responsável pelo resultado de Barueri, com 7.217 novos postos gerados, seguido pela construção civil (1.046) e comércio (482). Já a indústria da transformação no município perdeu 644 vagas no ano passado. Em Parnaíba, foram criados 1.583 empregos com carteira assinada no setor de serviços e 385 na construção civil, ao mesmo tempo em que outros 331 foram eliminados na indústria de transformação. 

Osasco também se beneficiou do crescimento no setor de serviços, com 1.841 novas contratações. Em Carapicuíba, a construção civil foi o setor que mais admitiu, tendo criado 374 novas vagas no período, enquanto em Itapevi os serviços industriais de utilidade pública, como água e energia, tiveram o maior corte, com o fechamento de 263 postos de trabalho em 2019.

Brasil
O país fechou 2019 com o maior saldo de emprego com carteira assinada em números absolutos desde 2013, com 644.079 novas vagas de emprego formal, 115 mil postos a mais do que o registrado em 2018. Com isso, o estoque de empregos com carteira assinada chegou a 39 milhões de vínculos – em 2018, esse número tinha ficado em 38,4 milhões.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 26 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário