Economia

Azul diz que guerra pode adiar retomada econômica ‘vigorosa’

Economia

Azul diz que guerra pode adiar retomada econômica ‘vigorosa’

Companhia deve reduzir frequência de voos  

John Rodgerson, CEO da Azul LInhas Aéreas (Divulgação)
A Companhia Aérea Azul, com sede em Alphaville, avalia que a continuidade do cenário de guerra entre a Russia x Ucrânia poderá adiar uma retomada mais vigorosa da oferta de voos no país, assim como a inclusão de novas cidades e novas rotas e frequências entre aeroportos que já contam com serviço aéreo.

Segundo a empresa, embora o valor do barril do petróleo já tenha sido um pouco maior há 14 anos, "a situação atual é muito pior, pois naquela época o valor do dólar estava muito abaixo dos atuais R$ 5,00 e era cotado abaixo de R$ 2,00. Essa matemática é bastante impactante para o setor aéreo, em especial para as empresas brasileiras, que têm diversos custos em dólar e um dos combustíveis mais caros do mundo", lamentou0. O presidente, John Rodgerson, disse que "vai ter que cortar alguns voos, cortar algumas frequências". 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 01 Julho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/