O verdadeiro significado de Comunidade

Em meio ao período de quarentena total do país, o novo coronavírus nos trouxe à atenção o real significado de comunidade e a beleza da união. Desde a última semana, acompanhamos, de nossas janelas e celulares, uma enorme onda de solidariedade entre os vizinhos anônimos que se colocam diariamente em risco de contaminação nas ruas de Alphaville para ajudar aqueles que têm mais risco de uma enfermidade grave, caso sejam infectados pela COVID-19. Como publicado na última edição deste jornal, grupos de auxílio foram criados com a única finalidade de ajudar quem precisa desta ajuda, como o caso do AMA - Auxílio de Moradores de Alphaville.

Em poucos dias, ficou evidente que os comércios locais também precisavam de ajuda para diminuir o impacto econômico que a quarentena tem causado e, então, além de muitos vizinhos e consumidores, tive a oportunidade de, através dos 'Ômetros' (Reclamômetro, Indicômetro e Vendômetro de Alphaville), colaborar. Para verem os estabelecimentos que estão atuando como delivery durante a quarentena, acesse nossa página através do link www.facebook.com.br/reclamometrodealphaville. Os posts estão separados por segmento e são constantemente atualizados. Vamos ajudar nossa comunidade a se manter em pé.

Ajudar e doar-se ao outro não é uma obrigação, é um ato de respeito e de amor. Não pode ser algo pensado ou moeda de troca para nenhuma finalidade. É por isso que aproveito este artigo para criticar uma situação que me chateou profundamente, até mesmo para que seja um exemplo do que não deve ser feito. Com tanta troca de carinho e colaboração por parte de pessoas e empresas, uma empresa específica, que se denomina ser de Alphaville e dos arredores, se sentiu no direito de cobrar crédito por uma informação pública que estava sendo divulgada gratuitamente num grupo de auxílio, como se ajudar a divulgar o comércio local ativo durante a quarentena fosse uma ação de marketing e não algo de coração. Não nos esqueçamos de focar no coração, na ajuda e na certeza de que gentileza gera gentileza!

Apesar deste único episódio lamentável, é gratificante ver a 'epidemia solidária' se sobrepondo à tristeza da doença que nos fez parar. Sim, estamos todos em casa, mas, mais do que nunca, estamos em todos os lugares. Como um lojista anônimo escreveu no cartaz pendurado na porta fechada do seu comércio: "Separados estamos unidos", complemento: unidos somos mais fortes. 

Veja mais notícias sobre Colunistas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 05 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário