Parnaíba realiza plano de ação para acabar com fios pendurados no bairro

Prefeitura diz que vai identificar os provedores de internet, notificá-los e fazer ajustes de todos os postes (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)

Na última semana, o prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar, realizou uma reunião com representantes da Enel, responsável pela distribuição de energia na região, a Associação Brasileira de Internet (Abranet) e a Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), para discutir um plano de ação para acabar com o problema dos fios pendurados e os cortes de serviços em Alphaville e Tamboré. O acordo foi firmado no dia 5 deste mês.

Na ocasião, ficou definido um cronograma de trabalho para implementar as normas regulamentares de uso do espaço urbano, em concordância com a legislação federal. 

Segundo Elvis Cezar, a ação deve ser executada em um período de seis meses. "Vamos identificar todos os provedores de internet, notificá-los, fazer o ajuste de todos os postes, reconhecer toda a fibra e, ao final, mostrar para a população todas que são regulares. A partir disto, quem não estiver adequado, será cortado. Este será um case de regulamentação para o país", explicou à Folha de Alphaville

O próximo passo, de acordo com a gestão, será a criação de um grupo técnico. "Está prevista a realização de reuniões com moradores, empresas e sociedade civil para informar o andamento dos trabalhos, bem como os impactos com a aplicação deste plano. Com isto, a prefeitura pretende apresentar uma cidade visualmente mais agradável e evitar acidentes com a rede de fios."

Fios pendurados
A questão dos fios pendurados nos postes de energia elétrica é alvo recorrente de reclamações entre os moradores pelos perigos que fornece. Em recente entrevista à reportagem, o diretor operacional da Enel, Saulo Ramos, destacou que, por ano, a empresa tem autorização para regularizar 2100 postes. "Nós notificamos as empresas de telecomunicação, pedimos para eles identificarem os cabos e arrumarem de acordo com a norma de instalação."

Em nota, a Enel disse que a atuação em Alphaville é frequente. "Somente neste mês, já removemos duas toneladas de cabos irregulares na região. Temos a previsão de atuação em 27 logradouros ainda em setembro".

Sobre o acordo firmado, a empresa diz que "visa a melhoria contínua na ocupação dos postes pelas empresas de telecomunicações na área de concessão".

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 21 Outubro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário