Sábado, 27 Novembro 2021

Cidades

Após aumento de casos, Governo de SP prorroga fase de transição até 14 de junho

Pandemia Cidades

Após aumento de casos, Governo de SP prorroga fase de transição até 14 de junho

Com a medida, estabelecimentos devem funcionar até as 21h e com 40% da capacidade 

Anúncio foi feito pelo governador João Doria nesta quarta-feira (26) (Foto: Governo do Estado de SP)

Nesta quarta-feira (26), o Governo de São Paulo prorrogou a fase de transição do Plano São Paulo para todo o Estado até o dia 14 de junho. Com isso, os estabelecimentos poderão funcionar das 6h às 21h, com capacidade máxima de ocupação de 40%.

Anteriormente, a gestão estadual tinha anunciado que iria liberar o horário de atendimento do comércio até as 22h a partir de 1° de junho, mas voltou atrás nesta quarta.

Segundo o governo, a decisão de manter a fase de transição foi tomada, pois os indicadores da pandemia mostraram que é preciso cautela no momento. Além disso, o estado registrou um aumento no número de casos e de internações pela Covid-19, que voltou a ficar acima dos 80%.

"Avaliamos nesta semana de que não seria ainda o momento de poder avançar como havia sido pensado na semana anterior, então hoje temos a extensão desta fase para continuarmos caminhando dessa forma. Continuamos tendo uma circulação alta do vírus, com novos casos, então devemos manter todas as medidas de segurança, com a taxa de ocupação dos estabelecimentos em 40%, uso de máscara constante e o distanciamento", explicou o Coordenador do Centro de Contingência do coronavírus, Paulo Menezes.

O toque de recolher está mantido nas 645 cidades do Estado, das 21h às 5h, assim como a recomendação de teletrabalho para atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horários para entrada e saída de trabalhadores do comércio, serviços e indústrias.

Vacinação

Nesta quarta-feira (26), o Governo de São Paulo anunciou também que o início da vacinação contra a Covid-19 em pessoas de 45 a 54 anos em agosto.

De acordo com a gestão, no período de 2 a 16 de agosto, serão vacinadas as pessoas entre 50 e 54 anos. A partir do dia 17 de agosto será a vez daqueles que têm entre 45 e 49 anos.

Já a imunização de trabalhadores de transporte aéreo começa nesta sexta-feira (28), nos aeroportos de Congonhas, Cumbica e Viracopos. Os portuários do Porto de Santos começarão a ser imunizados a partir da próxima terça-feira (1/6). 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 27 Novembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/