Furtos de veículos crescem 36,4% em Barueri e Santana de Parnaíba

Fonte: Secretaria do Estado da Segurança Pública (SSP) Arte: Folha de Alphaville/Agência Impacto
No primeiro semestre deste ano, Barueri e Santana de Parnaíba anotaram aumento no número de furtos de veículos, segundo dados apurados pela Folha de Alphaville junto à Secretaria do Estado da Segurança Pública (SSP). De janeiro a julho, juntas, as cidades registraram 318 ocorrências deste tipo de crime, no mesmo período de 2018 foram 233 casos, ou seja, a alta contabilizada foi de 36,4%.

Barueri anotou 264 de janeiro a julho de 2019 contra 199 ocorrências nos primeiros sete meses do ano passado, um acréscimo de 32,6%. Em Parnaíba, foram 34 furtos desta categoria, já este ano a quantidade chegou a 54, uma alta de 58,8%. A porcentagem foi feita de acordo com a soma de ocorrências nos meses citados.

Os bairros de Alphaville e Tamboré anotaram no geral 15 ocorrências de furto de veículos em julho de 2019, de acordo com levantamento feito pela reportagem com base nos Boletins de Ocorrências da SSP, por meio do Portal Transparência. O local com maior incidência do crime foi na Alameda Rio Negro, Alphaville, com quatro casos, seguida pela Avenida Tucunaré, no Tamboré, com três ocorrências. Ainda estão nesta lista as Avenidas Piracema, Tamboré, Marcos Penteado de Ulhôa Rodrigues, Juruá, Sylvio Honório Alvares Penteado, Dr. Dib Sauaia Neto, Marginal Projetada e Rua São Paulo.

Em relação ao mesmo mês em 2018, foram seis furtos em Alphaville e Tamboré, sendo a maior parte deles na Alameda Grajaú, com dois registros.
De acordo com o delegado da 2ª DP de Alphaville, Ednelson de Jesus Martins, são realizadas ações preventivas "com incursões nas áreas de maior incidência deste tipo de crime. São feitos patrulhamento ostensivo e maior presença no local com abordagem em suspeitos."

Região
Quando analisados, separadamente, Barueri e Santana de Parnaíba anotaram uma diminuição dos índices de furtos de veículos em alguns meses deste ano. Em Parnaíba, abril e julho tiveram o menor número de ocorrências, com quatro furtos de veículos ambos. Já em Barueri, janeiro e abril foram os meses com taxa mais baixa, sendo 32 e 31 casos, respectivamente. 

A Prefeitura de Barueri destacou que "quando se amplia a comparação para três anos, o acumulado deste ano ainda é 16% menor do que o de 2016." 

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 23 Setembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário