Em um ano, frota na região ganha mais de 9 mil veículos em Barueri e Parnaíba

Segundo especialista, distância e falta de políticas públicas para população deixar carro em casa contribuem com aumento da frota (Foto: Rodrigo Albertini/Folha de Alphaville)
De acordo com o relatório "Estado do Clima 2018", divulgado na segunda-feira (12), pelo Boletim da Sociedade Americana de Meteorologia, a emissão de gases como dióxido de carbono, metano e óxido nitroso aumentou em 2018, atingindo um novo recorde histórico. 

Responsáveis pela emissão de poluentes na atmosfera, os veículos convencionais são ainda os preferidos na região para o deslocamento, em comparação com os meios de transportes alternativos. A frota regional registrou um acréscimo de 9,4 mil carros nos municípios no período de um ano. 2017 para o ano mencionado.

Em Barueri, de 2017 para 2018, o número saltou de 170.209 veículos para 176.427, uma alta de 3,65%, contabilizando 110.090 automóveis, 23.664 motos e 6.111 caminhões no último ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Na cidade de Santana de Parnaíba, em 2017, a frota era de 79.863 carros, no ano seguinte, foram anotados 83.081 veículos no município (51.132 carros, 10.835 motos e 1.995 caminhões). O aumento ficou em 4%.

Especialista
Segundo Horácio Figueira, especialista em mobilidade urbana, os carros, motos, caminhões e ônibus contribuem significativamente para o aumento de gases poluentes na atmosfera. "Mesmo com muitas alternativas, as pessoas ainda optam por estes tipos de transporte pela praticidade, comodidade e segurança. Em Alphaville, existe ainda o agravante que as coisas são distantes, não há estrutura viária para pedestres, então o carro acaba sendo uma opção", disse à reportagem. 

Ainda segundo ele, é necessário que cada um faça a sua parte para conter esta situação. "No geral, as pessoas estão se desapegando um pouco destes veículos. Acredito que daqui uns 20 anos vamos reverter tudo isso. Mas, enquanto isso, é necessário fazer sua parte e as políticas públicas precisam dar incentivos para a população deixar o carro em casa."

Relatório

O relatório "Estado do Clima 2018" é elaborado pelos centros de informação sobre o clima da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos. 

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 15 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário