Com mimos como frigobar e wi-fi , Barueri terá ‘táxis pretos’

Alameda Madeira será um dos locais com novos modelos (Foto: Michela Brígida/Folha de Alphaville)
A Prefeitura de Barueri aprovou no começo do mês um projeto de lei que dispõe da criação de 182 vagas para táxis no município, sendo cerca de 36 delas, ou seja, 20%, para uma nova categoria chamada táxis pretos. Segundo a gestão, o objetivo é trazer um serviço especializado e com alto padrão à cidade. 

Segundo a nova lei, em que a Folha de Alphaville teve acesso, 55 vagas serão criadas em Alphaville em pontos das Alamedas Madeira, Cauaxi, Grajaú, Mamoré, Tucunaré, Tocantins e nas Avenidas Alphaville, Tamboré e Marcos Penteado Ulhôa Rodrigues. No total, 11 delas serão para táxis pretos. 14 vagas também serão abertas em Aldeia da Serra, sendo aproximadamente três para os novos modelos. 

Os bairros Jd. Silveira, Imperial, Belval, Cruz Preta, Aldeia de Barueri e a região central do município também estão na lista de locais com novos espaços para táxis, no total, 96 vagas. Outra novidade é que cinco pontos de táxis serão abertos na cidade, um será na avenida Ceci e outro no residencial Alpha View. 

Ainda de acordo com o documento, o valor da tarifa máxima para a prestação de serviço na categoria táxi preto poderá ser até 10% maior do que valor atribuído aos comuns. "Após sanção e publicação da lei, será aberto um Edital de Chamamento para conceder os alvarás de estacionamento. Todo o processo de concorrência (da publicação do edital ao início da prestação dos serviços) deve levar cerca de 90 dias".

Principais diferenças

As principais diferenças dos táxis pretos para os comuns é que eles devem ter motorização de, no mínimo, 150 cv, e ter condições adequadas para acondicionamento de bagagens. Estes não poderão ser do modelo "hatch", esportivo, sedan ou van pequena. 

Veja mais notícias sobre Cidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 22 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário