Novo Fórum de Barueri inicia atividades

Durante inauguração, foi assinado acordo para o Centro de Referência e Apoio à Vítima (Foto: Secom Barueri)

O novo prédio do Fórum da Comarca de Barueri foi inaugurado na quinta-feira (25). O equipamento fica na Avenida Sebastião Davino dos Reis, no bairro Vila Porto.

A construção do local ocorreu por meio de um convênio entre a administração municipal e o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP). Durante a entrega, também foi assinado o acordo para a instituição do CRAVI- Centro de Referência e Apoio à Vítima- um programa da Secretaria de Justiça, do governo estadual, que tem como objetivo ser referência para ações e políticas públicas para romper ciclos de violência.

Para o prefeito Rubens Furlan, o equipamento é absolutamente necessário para a prestação de serviço na área da justiça. "Estamos há mais de 20 anos nessa luta e finalmente conseguimos realizar esse sonho. É o poder judiciário do nosso país que tem colocado as coisas no lugar", disse o gestor.
Segundo a presidente da Comarca de Barueri, Anelise Soares, o Fórum será responsável pela a junção de todos os serviços judiciários da cidade. "É um grande ganho para todos nós servidores da justiça e para a cidade", disse.

Em discurso, o promotor de Barueri, Marcos Lyra, ressaltou a importância do trabalho executado pelos profissionais do Fórum. "Por meio dessas pessoas que estão aqui viabilizamos obras de mobilidade, saúde e agora tentamos trazer o Ceagesp", ressaltou.

A inauguração da Comarca também contou com a presença do presidente do TJ-SP, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, desembargador Paulo Dimas Mascaretti, atual secretário de Justiça do governo estadual.

O novo Fórum de Barueri tem 12 salas de promotores, 12 salas de juízes com audiências, 15 cartórios, hall de entrada, e 234 vagas de estacionamento.

Sala do Advogado
O equipamento também terá a Sala do Advogado, ligada à 17a Subsecção da OAB Barueri. "O espaço é um ponto de apoio à classe, com computadores e estrutura para preparar documentos e descansar entre audiências", comenta Gabriel Battigin Martins, membro da diretoria do Direito Tributário da OAB Barueri, presidida por Ana Luiza Correa de Castro. 

Veja mais notícias sobre Barueri.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 12 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário