Ainda este ano, vias de Barueri devem ser fiscalizadas por radares

HELLO-1
Avenida Alphaville será um dos locais monitorados (Michela Brígida/Folha de Alphaville)

Até o fim deste ano, Barueri deve iniciar fiscalização por radares, conforme adiantado pela Folha de Alphaville. A partir da próxima semana, os equipamentos, que já estão instalados, passarão por aferição do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). A informação foi confirmada pela prefeitura.

Após esse processo, o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) cuidará da sinalização dos locais, bem como orientação aos motoristas. Serão fiscalizados os excessos de velocidade na Avenida Alphaville próximo ao posto da PM sentido Alphaville (40km/h); Avenida Alphaville (oposto ao Alpha Square) –(60km/h) e Via parque (após a Rua Surubiju sentido Santana de Parnaíba) – (40 km/h).

Já os radares com fiscalização de velocidade e avanço do sinal vermelho estão posicionados na Avenida General de Divisão Pedro da Silva (defronte ao Parque Shopping Barueri, sentido Maria Helena) – (60km/h); Avenida General de Divisão Pedro da Silva (sentido Alphaville - oposto ao Parque Shopping) – (60km/h); Avenida Municipal x Avenida Exército Brasileiro, sentido Centro (40km/h); Estrada de Jandira x Avenida Municipal (60km/h); Estrada dos Romeiros x Rua Almeida (60km/h); Estrada dos Romeiros x Rua Antônio Saviani (60km/h) e Rua Antônio Saviano x Estrada dos Romeiros (40km/h).

Os equipamentos, inéditos na cidade, foram instalados e custeados pelo Governo do Estado de São Paulo. Os locais também foram definidos em conjunto. O investimento foi de R$ 1.277.070,22.

Locais
De acordo com a secretária municipal de Segurança e Mobilidade Urbana, Regina Mesquita, a escolha dos pontos para a implantação dos aparelhos se deve à frequência de acidentes anotadas nos trechos. "Verificamos, após estudos, que esses pontos anotavam muitos acidentes de trânsito. A instalação dos radares e lombadas eletrônicas tem como objetivo evitar esse tipo de ocorrência e por consequência as mortes no trânsito", disse Regina.

 


Veja mais notícias sobre Cidades.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 14 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário