5 bares em hotéis que vão muito além da coquetelaria

Shangri-La-Hotel-Paris--Bar-Botaniste-Skiss-23

Requintados e, por vezes, cheios de pompa, como retratados por Hollywood em algumas produções cinematográficas, os bares de hotéis costumam fazer a alegria dos hóspedes com a sua excepcional coquetelaria, repleta de drinks elaborados conforme o gosto de cada cliente a qualquer hora do dia. Mas em alguns casos, a bebida e os petiscos acabam ficando em segundo plano diante de outros atrativos, como ambientação e a atmosfera. Caso desses 5 bares, situados em hotéis no Brasil e no mundo, que vão muito além do convencional e oferecem uma experiência memorável para os 5 sentidos.

Confira:

Um bar no meio da floresta Amazônica! – Cristalino Lodge, Alta Floresta - MT 

Já se imaginou sentado em um charmoso bar com a floresta Amazônica no entorno, apreciando um excelente drink? Isso é possível no Cristalino Lodge. O bar valoriza as formações de granito rochoso esculpidas no terreno que se fundem harmoniosamente com as folhagens da mata ao redor. À noite, uma fogueira em um espaçoso deck ao ar livre com mesas, espreguiçadeiras e bancos cria uma ambiente ideal para compartilhar sua experiência com amigos e companheiros de viagem. O espaço conta com 27 lugares e serve deliciosas caipirinhas, sucos, além de vinhos da América do Sul, cervejas e outras opções não alcóolicas. Uma vez no local, experimente a Margarita com castanha, uma inusitada e excelente sugestão.


Para Al Capone nenhum botar defeito – The Back Room, no Shangri-La at The Fort, Filipinas

The Back Room é o novo bar do Shangri-La at The Fort. Como o próprio nome sugere, o ambiente é intimista e vintage, quase clandestinamente localizado na 30 th Street em Manila, nas Filipinas. O Speakeasy tem um laboratório e mais de 150 marcas de gin, entre as quais, 90 são raras. O mais exclusivo é o The Bee´s Knees, destilado na própria casa e servido no The Back Room com exclusividade. A bebida foi criada pelo "contrabandista" residente e responsável pela brigada, o mixologista Ulysse Jouanneaud. Tudo por ali recria atmosfera dos bares clandestinos dos anos 1920, aconchegante e quase conspiratória. Para acessar o bar, que não aceita reservas, os visitantes passam por duplas portas de vidro que levam a uma pequena chapelaria e uma estação de engraxate. O mobiliário é Art Déco, a paleta de cores na decoração gira em torno do verde e do preto.


Entre uma aposta e outra – Blend Bar, no Cassino do Enjoy Punta del Este

Que tal tomar um drink no maior cassino da América do Sul? Rodeado por máquinas caça-níquel e mesas de apostas, o Blend Bar, no Enjoy Punta del Este, oferece uma ambientação totalmente imersiva, com palco para apresentações ao vivo e terraço com uma das melhores vista de Punta para o porto e para a baía do balneário uruguaio. No cardápio, coquetéis e destilados se destacam. Na parte externa do bar, o concorrido por do sol de Punta del Este com vista para o mar de Punta e as Ilhas Gorriti é disputado por locais e turistas. Quem for, não deixe de pedir o Mezzo a Mezzo – bebida típica uruguaia que combina partes iguais de vinho branco e espumante.


Um bar design – Botanique Hotel & SPA, no Triângulo das Serras – SP

No Triângulo das Serras, confluência entre Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí e Campos do Jordão, a sugestão é o bar do Botanique Hotel & SPA, desenhado pela artista Heloisa Crocco e que oferece uma vista incrível para os jardins do hotel. Na mobília, poltronas do designer Aristeu Pires compõem o espaço, que também conta com área externa. O clima fresco da região montanhosa, aliás, é perfeito para curtir a seleta carta de drinks e vinhos do hotel, além dos petiscos elaborados pelo chef Gabriel Broide. Isso sem falar nos diferentes tipos de cafés, como o Blend Especial Botanique, de curadoria de Léo Moço, quatro vezes campeão brasileiro de barismo, cuidadosamente tirados de uma das Ferrari em máquinas italianas – a Marzocco.


O Bar do Príncipe Bonaparte – Le Bar Botaniste, Shangri-La Paris

Honrando o passatempo favorito do residente original do palácio, o príncipe Roland Bonaparte, o bar celebra a botânica através de uma atmosfera temática e especial. O príncipe, que era sobrinho-neto de Napoleão Bonaparte, reuniu a maior coleção privada de plantas do mundo. Embora o Palais d'Iena já não abrigue mais esta coleção, o Le Bar Botaniste honra o seu espírito com um extenso menu de coquetéis – criações exclusivas - e licores cuidadosamente selecionados. O bar, de inspiração natural, conta com plantas sob cloches, fontes de absinto autênticas e uniformes retro-chic para a equipe. Fica difícil escolher apenas um entre os 15 coquetéis autorais da casa, mas destaca-se o charmoso Bumble Bee. O drink é uma mistura de conhaque, mel de lavanda, limão e grãos de tonka, e é servido com uma bolacha crocante que se assemelha a um dourado favo de mel em uma colmeia.

Veja mais notícias sobre Turismo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 16 Novembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário