Saúde

Número de crianças e adolescentes internadas em UTI com Covid-19 no estado de SP sobe 61%

Saúde

Número de crianças e adolescentes internadas em UTI com Covid-19 no estado de SP sobe 61%

Aumento reflete explosão de contaminação, que pressiona sistema de saúde como um todo 

Os números mostram uma evolução sistemática no período, com pico em janeiro. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O estado de São Paulo registrou, nos últimos dois meses, uma forte alta nas internações de crianças e adolescentes em leitos de terapia intensiva em razão da COVID-19.

As estatísticas do Censo Covid, da Secretaria de Estado da Saúde, mostram aumento de 61,3% no número de pacientes com menos de 18 anos internados nas UTIs, na comparação entre os dias 17 de janeiro de 2022 e 15 de novembro de 2021.

Em 15 de novembro do ano passado havia no Estado de São Paulo 106 pacientes menores de 18 anos internados em estado grave em decorrência da COVID-19. Já no último dia 17 de janeiro, esse número passou para 171. Os números mostram uma evolução sistemática no período, com pico em janeiro.

"Os dados evidenciam que a nova variante Ômicron do novo coronavírus está contaminando rapidamente nossas crianças e que a vacinação é urgente e fundamental para prevenir casos graves, internações e óbitos nessa população", afirmou Jean Gorinchteyn, Secretário de Estado da Saúde de São Paulo.

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 17 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/