Confira dicas que podem ajudar quem pretende largar o cigarro

O tabagismo é fator de risco para mais de 50 doenças e a maior causa de morte que poderia ser evitada.

Reconhecido como doença crônica, o tabagismo traz diversos malefícios à saúde. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 6 milhões de pessoa morrem em todo o mundo em decorrência do consumo de tabaco. Em 2030, a OMS estima que morrerão 8 milhões.

Ao deixar de fumar, além de melhorar a saúde, a pessoa economiza R$ 2.007,50 em um ano. Em 5 anos, por exemplo, mais de R$ 10 mil serão poupados.

Segundo a psicóloga especialista Ivone Charran, no entanto, parar de fumar não é fácil. "Cerca de 5% dos fumantes conseguem abandonar o cigarro sozinhos, sem tratamento ou acompanhamento médico. O restante, ou 95%, precisam de ajuda especializada", afirma.

Não existe uma fórmula mágica que faz as pessoas pararem de fumar, mas há dicas que podem ajudar no processo, como por exemplo evitar locais com muitos fumantes. Da mesma forma que uma pessoa em dieta deve evitar um restaurante com pratos principais muito calóricos, quem deseja largar o cigarro precisa se afastar dessa tentação, principalmente nos primeiros dias.

Para grande parte dos tabagistas, fumar é parte de uma rotina. Alguns fumam logo ao acordar enquanto tomam uma xícara de café, outros depois do almoço. É fundamental mudar esses hábitos para enganar a vontade de fumar.

Buscar apoio de familiares e amigos pode ser um grande motivador para o ex-fumante não se sentir sozinho nessa luta. O importante é persistir, e mesmo se houver recaídas, tentar de novo. Estar familiarizado com as principais sensações da abstinência deixa o ex-fumante mais tranquilo e bem preparado. 

Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 19 Setembro 2019

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário