Pandemia ajuda a aumentar protagonismo dos prefeitos

Prefeitos da região durante Live na segunda-feira para falar sobre as ações de enfrentamento da Covid-19. (Foto: Reprodução Redes sociais)

O papel dos prefeitos na política nacional ganhou destaque por conta dos esforços locais no combate à pandemia de Covid-19 - seja na Região Oeste ou no restante do Brasil. Essa é a avaliação do cientista político Marco Aurélio Nogueira, professor da Unesp (Universidade Estadual de São Paulo)."Pela natureza da epidemia, e pelo fato do sistema de saúde ser muito localizado, os prefeitos já ganharam uma visibilidade maior e uma responsabilidade maior. Isso pode valorizar a instância de poder local", afirma o especialista. 

O maior protagonismo não significa, porém, que os gestores municipais conseguirão fortalecer a si próprios na política local. A maneira como eles reagirão ao desenrolar da pandemia será determinante para que possam colher frutos políticos. "Não adianta nada liberar o comércio, apressadamente, e isso desencadear um circuito epidêmico muito forte. Se o prefeito fizer isso, ele vai quebrar e a população vai se 'vingar' dele nas eleições", diz Nogueira. 

Fim do isolamento 

Na Região Oeste, os administradores municipais têm resistido ao discurso do presidente Jair Bolsonaro, que tem polarizado o debate com os governadores sobre o enfrentamento ao coronavírus pedindo que as pessoas voltem para as ruas. Para o cientista político João Feres, da UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), essa disputa deve influenciar as eleições municipais, sobretudo nas cidades médias e grandes.

"Os players estão politizando a epidemia e criando campos distintos. O coronavírus coloca um elemento diferente: as pessoas estão ligadas no discurso do Bolsonaro. A política mudou nesse sentido. O Carl Schmitt [NR: jurista e filósofo alemão, referência no direito e na ciência política] fala exatamente isso: a política é qualquer coisa que gera divisão", diz. 

O discurso pelo fim do isolamento parece, no entanto, ter ganhado força nos últimos dias. Nesta quarta (22), o governador João Doria (PSDB), a quem os prefeitos da Região estão alinhados no combate à pandemia, anunciou um plano para retomar gradualmente a atividade econômica no Estado de São Paulo.

Veja mais notícias sobre Política.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 19 Setembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/

Siga a Folha

INFORME SEU ENDEREÇO DE E-MAIL:

Por favor habilite seu javascript para enviar este formulário