Política

Mesmo com mudanças no Plano SP, região se mantém na fase de alerta máximo

Política

Mesmo com mudanças no Plano SP, região se mantém na fase de alerta máximo

Capacidade hospitalar mantém região apenas com comércio essencial aberto 

João Doria anunciou mudança no Plano São Paulo nesta sexta-feira (29). (Foto: Governo de SP)
Nesta sexta-feira (29), o governador de São Paulo João Doria anunciou mudanças no Plano São Paulo em relação a Grande São Paulo. Depois de ser pressionado pelos prefeitos por deixar a Região Metropolitana na fase de alerta máximo, apenas com o comércio essencial aberto, Doria disse que a Grande São Paulo passará a ser dividida e analisada em cinco regiões de saúde.

Segundo o governador, esta decisão foi tomada, pois a região abriga mais de 22 milhões de habitantes e conta com uma organização de saúde com distribuição de leitos e internação hospitalar própria.

"Com esta divisão será possível ter uma análise ainda mais precisa de critérios técnicos de saúde, classificação de fases de retomada consciente da economia e a definição apropriada para cada região metropolitana. A decisão foi tomada em comum acordo com prefeitos e seus secretários de saúde", destacou o governador.

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, afirmou que o principal quesito para que esta mudança de faseamento aconteça é o aumento da capacidade hospitalar dessas regiões.

"Este é o fator que está indicando que a Região Metropolitana deve melhorar para atingir e avançar para a próxima fase. Portanto, não existe nenhuma alteração imediata de fase em nenhuma das cinco regiões da Grande SP", afirmou. 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 03 Março 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/