Política

Furlan avalia convite do PDT e se diz ‘animado’ para concorrer a governador

Política

Furlan avalia convite do PDT e se diz ‘animado’ para concorrer a governador

Prefeito está à frente de Barueri pela sexta vez

Prefeito está à frente de Barueri pela sexta vez. (Foto: Michela Brígida/Arquivo Folha de Alphaville)
Enquanto o governador João Doria (PSDB) busca acalmar os ânimos dos líderes do partido - que se desentendem para manter o controle da sigla - de olho na corrida presidencial de 2022, os tucanos podem ainda sofrer a baixa de um integrante ilustre da legenda em Barueri.

Com seis mandatos à frente da gestão, Rubens Furlan (PSDB) disse à reportagem da Folha de Alphaville, nesta quinta-feira (11), que ficou "animado" com o convite feito pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, para que ele ingresse no partido e concorra ao Governo do Estado, em 2022.
Furlan elogiou a história da legenda, alinhada às ideologias trabalhista e socialista, assim como é o PSDB. "Ser governador para qualquer político é a maior honraria e a honra é governar todos os paulistas e paulistanos". 

Mesmo assim, o mandatário pediu a Lupi 30 dias para pensar. "Se for o plano de Deus colocar minha experiência à disposição do Estado, eu farei. Sou feliz sendo prefeito de Barueri, mas vou conversar com a minha família e com a militância política, sem o calor da emoção", afirmou.

O prefeito disse que também foi sondado pelo Podemos; mas do PSDB, seu partido atual, não "houve convite para eu concorrer ao cargo". 

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 11 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/