Sábado, 23 Janeiro 2021

Política

Em Santana de Parnaíba, Tonho deve herdar pelo menos 46 obras inacabadas

Política

Em Santana de Parnaíba, Tonho deve herdar pelo menos 46 obras inacabadas

Plano do atual gestor tinha 72 obras e projetos, apenas 18 foram entregues 

Elvis Cezar enfatiza entrega de obras em suas redes sociais (Facebook)

Em janeiro, o prefeito eleito Marcos Tonho (PSDB) vai assumir a administração de Santana de Parnaíba e entre os seus desafios terá que dar prosseguimento ao Plano de Metas, elaborado pelo atual gestor Elvis Cezar, também tucano. Tonho deve herdar pelo menos 46 obras e/ou projetos que não foram entregues. 

O Plano contava, no total, com 72 ações; destas, apenas 18 foram entregues – ou seja – 25%. Nove estão atrasadas, 28 aparecem sem dados (não há previsão de início e nem término), seis estão previstas para serem concluídas ainda em dezembro e nove com previsão de entrega no ano de 2021. 

Os dados foram coletados pela reportagem no próprio site da prefeitura, na quinta-feira (10). A atual administração municipal e o prefeito eleito foram procurados para comentar a questão, mas não retornaram até o fechamento da edição.

Dezembro
Entre as obras previstas para dezembro, que deve ficar para o próximo ano está o Centro Cultural de Alphaville, com só 10% em andamento. 

A construção do Parque Bacuri está na mesma situação. O serviço e canalização de córregos da cidade encontra-se com percentual de 40%, a conclusão também era prevista para este mês. A implantação do APP Cidade na Mão, para facilitar à população o acesso aos serviços municipais está com 30% e também deve ser herdada por Tonho, além de outras ações atrasadas.

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 23 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/