Quinta, 20 Junho 2024

Política

Eleição terá distanciamento entre Republicanos de Barueri e de Parnaíba

Política

Eleição terá distanciamento entre Republicanos de Barueri e de Parnaíba

Bruna Furlan foi a ato em apoio a Silvinho, rival do ex-prefeito Elvis 

Para receber notificações da comunidade de Alphaville e região, inscreva-se em nossos canais no Telegram e WhatsApp

Tarcísio apoia Elvis, que apoia Gil, que apoia Kassab, que apoia Silvinho Filho, que apoia Furlan, que apoia Beto, que não precisa declarar apoio a ninguém. O que poderia ser um poema de Carlos Drummond de Andrade é na verdade um exemplo de como as preferências partidárias se entrelaçam e têm significado pouco nas alianças de Barueri e Santana de Parnaíba.

O partido do governador Tarcísio de Freitas tem dois pré-candidatos nessas cidades: Beto Piteri e Elvis Cezar, políticos que entraram no Republicanos no mês passado. No entanto, ao contrário de uma união entre esses nomes, a legenda está dividida e cada lado de Alphaville apoia um lado distinto na corrida eleitoral deste ano.

Enquanto Elvis declarou apoio a Gil Arantes (União), candidato rival ao grupo do atual prefeito, Rubens Furlan (PSB), a deputada estadual Bruna Furlan (PSDB) também mostrou que o grupo dará o troco em Parnaíba.

A parlamentar participou do lançamento de Silvinho Filho (PSD) como pré-candidato a prefeito no último fim de semana, reforçando o distanciamento entre os grupos que dominam as duas prefeituras.

Essa situação inusitada ocorre por conta das trocas recentes de partidos pelo barueriense e pelo parnaibano. Os dois foram para a mesma sigla, apesar de estarem distantes há quase seis anos.

Desde o fim de 2018, quando Elvis concluía o segundo mandato consecutivo de prefeito em Parnaíba, o grupo já não falava a mesma língua do prefeito vizinho, Rubens Furlan. Antes, os dois fizeram parcerias inclusive nas eleições para deputado, quando Bruna Furlan, federal, e Marmo Cezar (pai de Elvis), estadual, fizeram uma dobrada na disputa daquele ano. Nessa época, todos estavam no PSDB, mas o jogo virou.

A parceria não se repetiu em 2022 e Bruna virou concorrente de Marmo por uma vaga na Assembleia Legislativa, enquanto Marmo e Elvis foram para o PDT, quando o segundo tentou concorrer ao governo do estado.

Nas últimas semanas, uma nova mudança. Na reta final, Elvis foi convidado para ir para o Republicanos e aceitou para disputar as eleições. Em Barueri, Beto Piteri estava com tudo certo para ir para o PSB, mas perto do limite para a mudança, o vice-prefeito também fechou com o Republicanos e agora tenta se colar em Tarcísio.

A ida foi uma forma de minimizar o apoio do PT à chapa, já que o PSB é um aliado mais próximo do governo Lula (PT) - Barueri é uma das poucas cidades da região, onde o petista não venceu no segundo turno em 2022.

Enquanto os políticos fizeram esse movimento para contar com o apoio do governador, o próprio Tarcísio tem futuro incerto no Republicanos. O governador tem sido cotado para ir para o PL, partido do ex- -presidente Jair Bolsonaro, numa mudança de olho nas eleições de 2026.

Por enquanto, Tarcísio nega a mudança ao menos por enquanto, mas depois das eleições de outubro tudo pode acontecer. Neste momento, inclusive, PL e Republicanos estão em lados opostos nas duas cidades.

Resta saber na eleição quem levará a melhor nessa disputa e se o apoio do Republicanos, mesmo que dividido, será decisivo. Ou, como diria Drummond, se surgirá alguém que ainda não entrou nessa história.

Secretário estadual de governo e de relações institucionais, Gilberto Kassab (PSD) tem fomentado candidaturas rivais aos planos do chefe, o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos). Isso acontece porque o secretário é presidente nacional do PSD e desde que chegou ao governo tem buscado ampliar o número de prefeituras pessedistas.

Kassab veio à região na última semana, para o lançamento de Silvinho Filho (PSD) como pré-candidato a prefeito, enquanto Tarcísio também esteve na cidade nas semanas anteriores para o lançamento da pré-candidatura de Elvis Cezar (Republicanos).

No caso de Barueri, Kassab não chegou a fazer um ato em apoio ao ex-prefeito Gil Arantes (União), mas o PSD é um partido que está no grupo do ex-prefeito desde antes das articulações deste ano. O presidente municipal da legenda é Antonio Macedo Arantes, irmão do ex-prefeito. Já o Republicanos tenta emplacar Beto Piteri.

Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/