Segunda, 30 Novembro 2020

Política

Deputados estaduais trazem R$ 11,1 mi para Região Oeste

Política

Deputados estaduais trazem R$ 11,1 mi para Região Oeste

Maior parte dos recursos foi obtida por parlamentares que não conseguiram se reeleger em 2018 

Gil Lancaster e Marco Vinholi conquistaram recursos, mas estão entre os que não chegaram ao segundo mandato. (Foto: Arquivo ALESP)

 Em 2019, deputados estaduais trouxeram R$ 11,1 milhões para a Região Oeste por meio de convênios articulados com o Governo do Estado de São Paulo. As verbas foram conquistadas por 13 parlamentares. 

São eles: Adilson Rossi, (R$3,6 milhões), João Caramez (R$1,5mi) Gil Lancaster (R$1,2 milhão), Marcio Camargo (R$1 milhão), Gilmaci Santos (R$1 milhão), Carlos Cezar (R$700 mil), Rita Passos (R$666 mil), André do Prado (R$300 mil), Marcos Martins (R$269 mil), Cezinha de Madureira (R$250 mil), Marta Costa (R$250 mil), Marco Vinholi (R$250 mil) e Delegado Olim (R$100 mil). 

Dos que contribuíram, Gilmaci, Cezar, Marta Costa, André do Prado e Olim conseguirem obter mais um mandato na Assembleia Legislativa Estadual. Cezinha de Madureira foi eleito deputado federal, enquanto Martins não se candidatou à reeleição. 

No entanto, a maior parte dos recursos - R$ 8,2 milhões - foi trazida por parlamentares que não conseguiram se reeleger em 2018, o que sinaliza a dificuldade dos políticos em fidelizar o eleitorado na região.

Quanto o recorte é feito por municípios, Carapicuíba foi o que mais obteve recursos de novos convênios estaduais no período, com R$ 6,4 milhões. Depois aparece Itapevi, com R$ 4,2 milhões, seguida por Barueri, que recebeu R$ 250 mil, Jandira, com R$ 200 mil, e Osasco, com outros R$ 100 mil destinados ao custeio das atividades da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) local. 

Já Santana de Parnaíba não foi beneficiada na modalidade ao longo do ano passado. Isso não quer dizer, no entanto, que não haja convênios em vigor - os números de todas as cidades dizem respeito apenas àqueles que foram iniciados em 2019.

Mais saúde
A área mais beneficiada pelas parcerias foi a da saúde, com convênios totalizando R$ 8,4 milhões. Nessa rubrica, o destaque são as intermediações feitas pelos ex-deputados Adilson Rossi, com R$ 1,9 milhão destinado à reforma de uma UBS em Carapicuíba, e João Caramez, que levou R$ 1,5 milhão para outra unidade de saúde em Itapevi. 

Os R$ 2,7 milhões restantes foram aplicados em convênios de infraestrutura. Mais uma vez, o grosso do montante foi obtido pelo ex-deputado Adilson Rossi, que obteve R$ 1,7 milhão obtidos para obras na cidade de Carapicuíba.
Newsletter
Não perca nenhuma notícia.

Inscreva-se em nossa newsletter gratuita.

 

Comentários: 1

Visitante - Edilson ASFer em Terça, 18 Fevereiro 2020 18:16

A política da região precisa ser reciclada, essa " velha política " tem que ser banida , precisamos de caras novas ... chega dos mesmos a anos

A política da região precisa ser reciclada, essa " velha política " tem que ser banida , precisamos de caras novas ... chega dos mesmos a anos
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 30 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.folhadealphaville.com.br/